NutriViva no Facebook é a nossa página no Facebook onde há uma constante actividade com pratos e ideias sobre Alimentação Viva.
O blog também está acessivel em ALIMENTACAOVIVA.COM e ALIMENTACAOVIVA.INFO
Visitem o meu blog em inglês (com traduçao automática)
Raw in Copenhagen
Ao deixar um comentário referente a um artigo, por favor colar o link desse artigo.

Badge Raw Food

Qr Code do blog

Qr Code do blog
Qr Code do blog

Rss

Contacto

Search/ Busca

Carregando...

Blog Archive

Followers

Follow by Email

Add me on Facebook

NutriViva Tv



Ocorreu um erro neste gadget

Total de visualizações de página

sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

Estévia

A estévia é uma plantinha, também conhecida como “honey plant”, planta mel, devido a sua doçura nas folhas. Desde os tempos mais remotos, até os dias de hoje, o açúcar é um ingrediente indispensável na alimentação do homem. A maior fonte de açúcar extraída da natureza, é ha anos, derivada da cana-de-açúcar, e ainda em alguns países, é provinda da beterraba. No entanto, o açúcar destas plantas, contém propriedades que não são recomendadas para a Diabetes.


A Estévia, uma planta originária da região noroeste do Paraguai e distribuída no Brasil, EUA, Japan e Korea, contém substâncias, como a Esteviosina e Rebaudiosina-A, que possuem propriedades de equilibrar a insulina, além de adoçar os alimentos. O poder de adoçar chega a ser 250 vezes maior do que o açúcar convencional.

A intensificação do plantio desta erva ao redor do mundo cresceu e vem crescendo, principalmente por ser uma planta relacionada a doenças conhecidas como “doenças do século”, como a Diabetes e a Obesidade, sendo considerada um ótimo substituto para adoçantes artificiais como, Aspartame, Saccharin, Asulfamk e etc, além de ser considerado, um bio-adoçante sem calorias e de alta qualidade, pois, este, permanece estável sob altas temperaturas (100º C) e sob uma variação do pH de 3-9.

Para cultivar esta planta em sua casa, não existem muitos segredos. A primeira e talvez mais complicada etapa é conseguir uma mudinha, que pode ser feita através de semente ou de estacas. As estacas podem ser obtidas cortando um galho de aproximadamente 15 cm, e enterrando 2/3, em solo, não muito seco, porém não encharcado.
Use todos os seus conhecimentos culinários e aproveite esta planta, mas lembre-se que, 50g de Estévia, adoça o mesmo tanto que 1kg de açúcar convencional.


Autor:Mauricio Andrião (FCA-UNESP).

3 comentários:

Ignez Pitta disse...

São excelentes as informações. Mas como se pode obter a semente ou muda de estévia?

Jonathas disse...

muito obrigado

jhonasn disse...

Caraca que boa informação, eu tenho 21 anos e não sabia da existência dessa planta e de toda essa potência hehe