Qr Code do blog

Qr Code do blog
Qr Code do blog

Rss

Contacto

Blog Archive

Followers

Follow by Email

Add me on Facebook

NutriViva Tv



Total de visualizações de página

quarta-feira, 11 de abril de 2007

Brotos/Rebentos/Germinados

Fácil de germinar - alguns exemplos:

Leguminosas comuns:

Grão de bico
Feijão azuki
Moyashi (feijão mungo)
Lentilhas
Alfafa

Cereais:

Trigo
Cevada
Trigo Sarraceno
Quinua/quinoa


Outros que podem ser hidratados (deitar a água do molho fora):

Nozes
Amendoas
Sementes de linhaça
Gergelim/sésamo
Castanhas


“Deus disse: ‘Eis que eu vos dou toda a erva que dá semente sobre a Terra e todas as árvores frutíferas, que contêm em si mesmas a sua semente, para que vos sirvam de alimento’.”
Gênesis 1:29

Fácil de produzir, em pouco tempo, baixo custo, apreciado pelo paladar,
pelo seu valor nutritivo e medicinal. Uma excelente alternativa de renda

A produção de brotos é uma atividade relativamente nova no Brasil, embora os chineses já produzissem e consumissem algumas espécies, há 5.000 anos. Mais de 30 espécies de plantas, principalmente de olerícolas (brócolis, rabanete, repolho, cebola, mostarda, etc.) e de leguminosas (feijão-moyashi, alfafa, trevo, lentilha, etc.), têm sido utilizadas para esse fim. Alguns brotos têm sabor picante, como o de rabanete; outros são delicados e de sabor suave, como o de alfafa e de trevo. Já os brotos de feijão-mungo-verde, também chamado de feijão-moyashi, é utilizado para o preparo de pratos Orientais.

Os brotos são produzidos em pouco tempo (3-7 dias) e, em qualquer época do ano, sem a necessidade de solo, de fertilizantes, de agrotóxicos e de luz solar direta. Só é necessário semente, recipiente que permita drenagem da água e outros recipientes e produtos fáceis de encontrar no comércio. Por isso, os brotos podem ser produzidos até dentro de apartamento. O rendimento (proporção semente/broto) é alto: com um quilo de sementes, pode-se produzir entre 5 e 12 quilos de brotos, dependendo da espécie empregada e do tempo de brotação.

Essas plantinhas geralmente são consumidas cruas ou levemente refogadas. Os brotos são apreciados pelo seu paladar e pelo seu valor nutritivo e medicinal. Eles são fonte rica em enzimas, minerais, vitaminas, proteínas e têm baixa caloria. Descobriu-se recentemente que os brotos de brócolis contêm de 10 a 100 vezes mais um indutor de enzimas (“sulforaphane”) que combate o câncer, quando a comparação é feita com o brócolis na forma em que é normalmente comercializado. O feijão-moyashi é a espécie mais utilizada para produção de brotos no Brasil.



Mais info

http://comidaviva.com/view.asp?AutoId=40&

Fontes http://comidaviva.com

Rogério Faria Vieira
Pesquisador da EMBRAPA/EPAMIG
Doutor em Fitotecnia

Wikipedia

Magali Rogge Mugnaini Abrão - Nutricionista

Ros´Ellis Maior Moraes - Nutricionista