Qr Code do blog

Qr Code do blog
Qr Code do blog

Rss

Contacto

Blog Archive

Followers

Follow by Email

Add me on Facebook

NutriViva Tv



Total de visualizações de página

quinta-feira, 26 de abril de 2007

A GAFE DO ANO: Ofereceram um churrasco para agradar comissário europeu - que é vegetariano

Carne brasileira é reprovada


Europeus pedem embargo para produção nacional


Genebra

Jornal A Noticia - 25 abr 2006
http://www.an.com.br/2007/abr/25/0eco.jsp

As conclusões dos veterinários europeus sobre as condições fitossanitárias da
carne brasileira apontam que a criação do gado e a produção de carne no País
continuam fora dos padrões europeus e podem sofrer embargos, apesar das visitas
dos inspetores de Bruxelas ao País nos últimos meses. A avaliação foi
apresentada com exclusividade aos deputados do Parlamento Europeu, que agora
pedem que um embargo seja imposto sobre os brasileiros. Os representantes
pressionarão a Comissão Européia para tomar medidas contra o País nas próximas
semanas.


Bruxelas realizou uma série de inspeções no Brasil desde março e deixou claro
que essa seria a última oportunidade que o País teria para evitar prejuízos. O
Brasil é o maior exportador de carne para a Europa, com 270 mil toneladas
vendidas por ano. Mas em uma reunião com o comitê agrícola do Parlamento
Europeu, os veterinários de Bruxelas alertaram para dois problemas principais
na importação. Um deles é o registro nas orelhas dos animais, que só é feito
entre 30 e 90 dias antes de o gado ser abatido. Isso significa, para os
veterinários, que não há como ter um rastreamento prévio do animal e, portanto,
pouco controle de sua origem.


Outro problema é o uso de remédios que não são aprovados na Europa. "A carne
brasileira está abaixo dos padrões de qualidade da carne européia", afirmou
Jonathan Evans, deputado do País de Gales no Parlamento Europeu e que lembra
que as queixas estão sendo feitas desde 2003. "Se vamos impor uma forte
regulação sobre os nossos produtores, queremos que seja válida aos do Brasil
também no que se refere à qualidade", afirmou.


Apesar das inúmeras visitas de veterinários ao País e das ameaças feitas pela
comissão ao Brasil, as autoridades de Bruxelas admitem que a situação ainda não
é ideal e que o governo não tomou medidas suficientes para que a importação
possa ocorrer sem barreiras.


O comissário Markus Kyprianou, que se ocupa da saúde animal e da proteção aos
consumidores, viajou até o Brasil fazer o alerta há poucos meses. Não só a
mensagem não foi bem entendida como o governo passou por saia justa ao oferecer
um churrasco ao europeu, ainda que o comissário fosse vegetariano. Em Bruxelas,
as autoridades explicam que, para que um embargo seja colocado sobre a carne
brasileira, os veterinários terão de apresentar ainda o relatório final sobre o
Brasil aos ministros dos 27 países do bloco para que tomem uma decisão.


O Brasil alerta que a pressão por um embargo não passa de uma desculpa para os
setores de carne da Europa que estão perdendo com as importações brasileiras e
querem impor medidas protecionistas.

0 comentários: