Qr Code do blog

Qr Code do blog
Qr Code do blog

Rss

Contacto

Blog Archive

Followers

Follow by Email

Add me on Facebook

NutriViva Tv



Total de visualizações de página

sábado, 14 de abril de 2007

Dieta não ajuda a emagrecer a longo prazo, diz estudo

10/04/2007 - 11h01


Uma pesquisa realizada na Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA) concluiu que quem faz dieta tem poucas chances de reduzir seu peso a longo prazo.

Os cientistas descobriram que entre 30% e 60% de pessoas que fizeram regime ganharam mais quilos em um espaço de quatro ou cinco anos do que tinham perdido nos primeiros meses.

"Você pode perder de 5% a 10% de seu peso em seis meses, com vários tipos de dieta. Mas depois os quilos voltam", disse Traci Mann, professora de psicologia da UCLA e uma das autoras da pesquisa, publicada na revista da Associação Americana de Psicologia.

"As dietas não são eficientes no tratamento da obesidade, e seus benefícios são muito pequenos se comparados com os prejuízos", afirmou.

'Prognóstico'
Mann e seus colegas analisaram rigorosamente 31 estudos já realizados sobre dietas, em vez de avaliar os regimes em si.

"A perda de peso sustentada só foi registrada em uma pequena minoria dos participantes, enquanto a maioria demonstrou ter recuperado tudo o que haviam perdido", explicou Mann.

Segundo ela, alguns fatores comprometeram o resultado dos estudos já existentes, às vezes para fazê-los parecer mais eficientes do que realmente eram.

Em um deles, muitos dos participantes eram requisitados a reportar seu peso por telefone ou por carta, em vez de terem suas medidas tiradas por especialistas.

Outros estudos falhavam em acompanhar os participantes a longo prazo.
"Muitas pesquisas indicam que uma dieta é, na realidade, um prognóstico do peso que uma pessoa vai ganhar no futuro", disse Janet Tomiyama, co-autora do estudo da UCLA.

Segundo ela, uma investigação analisada pela equipe mostrou que homens e mulheres que seguiram um programa de emagrecimento acabaram ganhando mais peso no espaço de dois anos do que aqueles que não seguiram.

Exercícios
Para Traci Mann, a maioria das pessoas teria uma saúde melhor se nunca tivesse tentado fazer dieta, pois seus organismos não teriam sofrido com as conseqüências de perder quilos e depois recuperá-los - o chamado efeito-sanfona.

Outros estudos já mostraram que o problema está ligado à incidência de doenças cardiovasculares, derrames, diabetes e alterações imunológicas.

"Comer em moderação é uma recomendação positiva para todo mundo", disse Mann. "Mas fazer exercícios regularmente pode ser ainda melhor, já que esta pode ser a chave para um emagrecimento sustentado."

"Város estudos já mostraram que as pessoas que praticavam exercícios eram as que mais perdiam peso."

Fonte BBC Brasil

0 comentários: