Qr Code do blog

Qr Code do blog
Qr Code do blog

Rss

Contacto

Blog Archive

Followers

Follow by Email

Add me on Facebook

NutriViva Tv



Total de visualizações de página

sexta-feira, 21 de março de 2008

Prevenção do câncer: publicado relatório oficial com as mais novas recomendações sobre prevenção do câncer pelo World Cancer Research Fund e American

Prevenção do câncer: publicado relatório oficial com as mais novas recomendações sobre prevenção do câncer pelo World Cancer Research Fund e American Institute for Cancer Research

O relatório oficial publicado este mês pelo World Cancer Research Fund em conjunto com o American Institute for Cancer Research é o que há de mais abrangente sobre prevenção de câncer. Foram seis anos de estudo até a produção e revisão finais de todas as pesquisas disponíveis sobre prevenção de câncer. Inicialmente englobou 500 mil estudos, que foram filtrados para 7 mil, os quais seguiam o padrão rigoroso de inclusão neste relatório.


Este processo de revisão da literatura foi realizado por nove universidades independentes. Elas apresentaram as informações a um grupo de 21 médicos especialistas, que revisaram o conjunto de evidências, extraíram conclusões e acrescentaram recomendações.


O World Cancer Research Fund publicou as 10 recomendações para prevenção do câncer, baseado nas conclusões deste relatório. Elas mostram que o consumo de certos alimentos e hábitos de vida afetam o risco de uma pessoa desenvolver câncer.


As 10 recomendações do World Cancer Research Fund são:




1. Mantenha-se o mais magro possível, sem estar abaixo do peso ideal


Evidências mostram que o ganho de peso e a obesidade aumentam o risco de desenvolver vários tipos de tumores, incluindo o câncer de intestino e de mama.


Mantenha um peso saudável com uma dieta balanceada e a prática de atividades físicas regulares para ajudar a manter o seu risco baixo.




2. Faça uma atividade física por pelo menos 30 minutos por dia


Há fortes evidências de que a atividade física protege contra os tumores de intestino e de mama. E também ajuda a manter o peso ideal.


Qualquer tipo de atividade conta. Quanto mais você faz exercícios, melhor! Tente colocar isso em prática na sua vida.





3. Evite bebidas adocicadas. Limite o consumo de alimentos processados, com adição de açúcar, pobres em fibras e ricos em gorduras.


Esses alimentos geralmente são pobres em nutrientes, têm excesso de gordura e/ou açúcar, aumentam o risco de obesidade e câncer. Bebidas doces como “colas” e sucos de frutas adoçados artificialmente podem contribuir para o ganho de peso. Sucos de frutas, mesmo sem adição de açúcar, parecem ter o mesmo efeito. O melhor é não ingeri-los em grandes quantidades.


Procure comer vegetais, frutas e cereais. Opte por água, café e chá sem açúcar no lugar de bebidas adoçadas.





4. Coma mais de uma porção de vegetais, frutas, cereais e legumes como feijão e ervilha


Pesquisas mostram que vegetais, frutas e outros alimentos contendo fibras (como cereais e legumes) podem proteger contra câncer de boca, estômago e intestino. Eles também ajudam a proteger contra o ganho de peso e a obesidade.


Faça 5 refeições por dia, tente incluir cereais (por exemplo, arroz integral, massas e pães integrais) e/ou legumes em todas as refeições.





5. Limite o consumo de carnes vermelhas (carne bovina, carne de porco e de cordeiro) e evite alimentos processados.



Há fortes evidências de que carnes vermelhas e alimentos processados causam câncer e de que não há quantidade de alimentos processados que pode ser segura para não aumentar o risco de desenvolver câncer.


A meta é limitar o consumo de carne vermelha a menos de 500 gramas (cozida) e 700-750 gramas (crua) por semana. Evite alimentos processados como bacon, salame, salsicha, presunto e conserva de carne bovina.



6. Limite a ingestão de bebidas alcóolicas. Se optar por consumi-las, não exceda a quantidade de 2 drinks para homens e 1 drink para mulheres por dia.


Desde o primeiro relatório de prevenção do câncer em 1997, as evidências de que bebidas alcóolicas aumentam o risco de câncer de mama e de intestino são muito fortes.


O consumo de qualquer quantidade de álcool aumenta o risco de câncer. No entanto, há algumas evidências que sugerem que pequenas porções de álcool protegem contra doenças cardíacas. Então, se você optar por consumir bebidas alcóolicas, faça isso com moderação.



7. Limite o consumo de alimentos salgados


Evidências mostram que sal e alimentos conservados com sal provavelmente causam câncer de estômago. Tente usar ervas e especiarias para temperar seus alimentos e lembre-se que alimentos processados, incluindo pães e cereais matinais, podem conter grandes quantidades de sal.



8. Não use suplementos para se proteger contra o câncer


Pesquisas mostram que suplementos de nutrientes em altas doses podem afetar o seu risco de desenvolver câncer, mas o melhor é optar por uma dieta balanceada, sem suplementos.


No entanto, os suplementos são recomendados para alguns grupos de pessoas, mas devem sempre ser prescritos por um médico.


Recomendações para populações especiais


As recomendações 9 e 10 não se aplicam para todas as pessoas, mas, se elas são relevantes para você, o melhor é segui-las.



9. As mães devem amamentar seus filhos, exclusivamente ao seio, por 6 meses e depois acrescentar novos líquidos e alimentos à dieta do bebê


Evidências mostram que amamentar protege as mulheres do câncer de mama e os bebês do ganho excessivo de peso.



10. Depois de um tratamento para qualquer tipo de câncer, os sobreviventes do câncer devem seguir as recomendações acima para prevenir novos tumores


Este relatório encontrou evidências crescentes de que manter um peso corporal saudável através de uma dieta balanceada e a realização de atividade física regularmente pode ajudar a reduzir a recorrência de câncer.


Lembre-se sempre: não fume ou mastigue tabaco/fumo. Fumar e usar tabaco de qualquer forma aumenta o risco de câncer e outras doenças sérias.


Fonte: World Cancer Research Fund

05 de novembro de 2007

0 comentários: