Qr Code do blog

Qr Code do blog
Qr Code do blog

Rss

Contacto

Blog Archive

Followers

Follow by Email

Add me on Facebook

NutriViva Tv



Total de visualizações de página

sexta-feira, 21 de março de 2008

Estudo mostra que pais avaliam o uso de mel como o melhor tratamento para alívio da tosse noturna em crianças com infecção do trato respiratório super

Estudo mostra que pais avaliam o uso de mel como o melhor tratamento para alívio da tosse noturna em crianças com infecção do trato respiratório superior

Cientistas da Universidade Estadual da Pensilvânia relatam, em estudo publicado no periódico Archives of Pediatrics and Adolescent Medicine, que componentes do mel eliminam bactérias do organismo e têm ação antioxidante, além de ser avaliado pelos pais como o melhor tratamento para alívio sintomático da tosse noturna em crianças com infecção do trato respiratório superior.


O estudo analisou 105 crianças com idades entre 2 e 18 anos apresentando infecção do trato respiratório superior, sintoma de tosse noturna e duração da doença menor que sete dias. As crianças foram divididas em três grupos: para o primeiro grupo foi administrada uma colher de mel; para as do segundo, uma colher de xarope industrializado à base de bromidrato de dextrometorfano - derivado morfínico sintético cuja ação antitussígena central começa 30 minutos após a administração oral e mantém-se durante 4 a 5 horas; e o terceiro grupo recebeu um medicamento placebo. Todas as doses foram administradas pelos pais 30 minutos antes das crianças deitarem para dormir. Foi feito um questionário com os pais de cada grupo.


Um questionário respondido pelos pais avaliou os seguintes parâmetros: freqüência, severidade e incômodo causados pela tosse, além da qualidade do sono das crianças e dos pais. Diferenças significativas na melhoria do sintoma foram detectadas entre os grupos: o uso de mel mostrou os melhores resultados e a ausência de tratamento os piores. Comparando os resultados, o mel foi significativamente melhor que a ausência de tratamento em relação à freqüência da tosse, mas o uso de dextrometorfano não foi melhor que a ausência de tratamento para nenhum parâmetro avaliado.


Ian Paul, coordenador do estudo, afirma que outras pesquisas são necessárias, mas espera que os pediatras considerem mais o mel como uma alternativa segura e barata para o tratamento da tosse infantil


Fonte: Archives of Pediatrics and Adolescent Medicine
06 de dezembro de 2007

0 comentários: