Qr Code do blog

Qr Code do blog
Qr Code do blog

Rss

Contacto

Blog Archive

Followers

Follow by Email

Add me on Facebook

NutriViva Tv



Total de visualizações de página

sexta-feira, 21 de março de 2008

Adultos que ingerem 2,5 porções de cereais por dia reduzem em um quarto a chance de desenvolver doenças cardiovasculares

Adultos que ingerem 2,5 porções de cereais por dia reduzem em um quarto a chance de desenvolver doenças cardiovasculares Após revisão literária, pesquisadores mostraram, em trabalho publicado no jornal Nutrition, Metabolism & Cardiovascular Diseases, que uma dieta rica em cereais está relacionada à redução do risco de uma pessoa sofrer eventos cardiovasculares como infarto e derrame. Em média, adultos que ingerem 2,5 porções de cereais por dia têm um quarto a menos de chance de desenvolver doença cardiovascular em relação àqueles que raramente consomem grãos integrais.

Em uma revisão de sete trabalhos científicos de referência na literatura, Mellen e colaboradores estudaram mais de 285.000 homens e mulheres que foram acompanhados por 6 a 15 anos. A conclusão mostrou que uma maior ingestão de cereais está significativamente ligada a um menor risco de doenças do coração e derrame. Isto também é verdade quando outros fatores como o restante da dieta, exercícios físicos, peso e hábito de fumar são levados em conta.

A maioria dos americanos não ingere as 3 porções de cereais recomendadas e 40% deles não ingere nenhum cereal. Muitos desconhecem seus benefícios.

Grãos integrais/cereais contêm grande quantidade de fibras alimentares, nutrientes, vitaminas e minerais importantes como vitaminas B, vitamina E e selênio. Aveia, cevada, arroz integral, quinua entre outros cereais beneficiam o coração de várias maneiras: ajudam a reduzir o colesterol, a glicemia e os níveis de insulina, assim como melhoram o funcionamento dos vasos e reduzem inflamação no sistema circulatório.

Os pesquisadores recomendam que os profissionais de saúde redobrem seu empenho para incentivar as pessoas a ingerirem mais grãos e divulguem seus benefícios para a saúde da população.


Fonte: Nutrition, Metabolism & Cardiovascular Diseases
29 de maio de 2007

0 comentários: