Qr Code do blog

Qr Code do blog
Qr Code do blog

Rss

Contacto

Blog Archive

Followers

Follow by Email

Add me on Facebook

NutriViva Tv



Total de visualizações de página

terça-feira, 2 de março de 2010

Longevidade

Os povos mais longevos do planeta são aqueles que vivem uma vida simples, ligados à natureza, tem uma alimentação também muito simples e uma vida espiritual rica. Vivem em comunidade interajudando-se.

Não tem doenças degenerativas como cancro/cancer, diabetes, hipertensão, ataques cardíacos ou acidentes vasculares cerebrais.



"Os factores de envelhecimento  são as doenças, influências ambientais, processos biológicos, e tendências genéticas  que influenciam significativamente o envelhecimento. Estes incluem danos oxidativos, alterações genéticas, incapacidade de desintoxicação, e do declínio do sistema imunológico. Ao controlar e inverter estes processos, podemos retardar o envelhecimento e aumentar a nossa vida."

O Dr. J. E. Williams, O.M.D. estudou várias populações nativas ao longo de muitos anos. Ele postula que estas são doenças da civilização e do estilo de vida pobre da nossa civilização.

"O melhor remédio é mudar os seus hábitos. Exercício,comer alimentos integrais naturais e reduzir o stress são algumas das soluções apresentadas" diz ele.



Hunza 


Os Hunza são um povo com bastantes centenários os quais apresentam excelentes condições físicas, levam uma vida muito simples, comem pouco sendo os damascos a base da sua alimentação.

Nos recessos remotos das montanhas do Himalaia, entre o oeste do Paquistão, Índia e China há um pequeno reino chamado Hunza. Essas pessoas são conhecidas mundialmente pela sua incrível longevidade e saúde. Eles vivem muito além de 100 anos e é bastante comum ser pai de crianças ainda com 110 anos (homens) . 
Uma das primeiras equipes médicas que estudou os Hunza foi chefiada pelo cirurgião britânico Dr. Robert McCarrison, mundialmente famoso. Ele relatou que "Os Hunza não tem  incidências de câncer. Eles fazem uma colheita abundante de damascosque secam ao sol e usam-nos como alimento base". 
É interessante notar que a tradicional dieta Hunza contém 200 vezes mais nitrilosida (alimentos ricos na chamada B17) do que a dieta americana ou australiana. 
Os hunza não usam dinheiro. A riqueza é atribuida a quem tem mais damasqueiros. Os hunzas para além da fruta comem também as sementes dos damascos que se asemelham à amêndoa (em formato). É normal comerem 30 -50 sementes num lanche (ou seja, cerca de 30mg de B17). As sementes que não são comidas são transformadas em óleo que são usados noutros pratos e também como óleo para a pele. O resto da sua dieta baseia-se em grãos e legumes frescos. Estes incluem trigo, milho, alfafa, ervilhas, favas, nabos, alface, rebentos/brotos e bagas de várias qualidades. Todos estes com exceção da alface e nabos contêm vitamina B17. 
É importante notar que quando os Hunza deixam as suas terras isoladas e começam a comer outras dietas, eles começam a sucumbir às mesmas doenças e enfermidades, como o cancro como o resto da civilizaçao.


Outros estudos - Restrição Calórica



Segundo um estudo da Universidade Americana de Wisconsin, é possivel viver mais, comendo menos.
Ao relacionar uma técnica sofisticada a um regime de restrição alimentar, os cientistas, liderados por Thomas Prolla e Richard Weindruch chegaramÀ conclusão que com um regime hipocalórico, os genes sofriam apenas variações mínimas. Concluiu-se, então, que é desses poucos fragmentos que dependem funções essenciais como a produção de energia, reacção ao stresse e reparação de proteínas.
Metabolismo retardado
Mas qual é a relação entre a actividade genética e o regime alimentar? O Dr. Weindruch opina: “A hipótese, considerada antes com desconfiança, é que um regime hipocalórico retarda o metabolismo.” Na prática, as modificações químicas que têm lugar no organismo, precisamente o metabolismo, produzem uma certa quantidade de lixo (os radicais livres) que danificam as proteínas, induzindo certos genes a reparar os danos. No entanto, com o tempo, eles perdem capacidade “profissional”, o que facilita o processo de envelhecimento. Uma vez que o metabolismo afrouxa, o stresse dos genes diminui e eles podem trabalhar durante mais tempo.
As estatisticas

Segundo a Wikipedia,os seres humanos vivem, em média, 39,5 anos na Suazilândia  e 81 anos no Japão (2008 est).



A idade mais antiga confirmada e registada para qualquer ser humano é de 122 anos, a francesa Jeanne Calment (na foto ao lado) embora haja relatos de algumas pessoas  terem vivido mais tempo. O Brasil tem aproximadamente 15.000 centenários. Tinha uma vida ativa para sua idade, praticando desportos até os 85 anos. Passeava de bicicleta até os 100 anos. Morou sozinha no seu apartamento até os 110 anos. Conseguia andar até os 115 anos. Tinha por hábito  beber um copo de vinho tinto por dia, até sua morte.


Maria Olívia da Silva (Itapetininga, 28 de fevereiro de 1880), é uma dona-de-casa brasileira que alega ter nascido em 28 de fevereiro de 1880 e desta forma ter 130 anos de idade, o que a tornaria a pessoa mais idosa da história (não verificado pelo Guiness Book).


A 28 de fevereiro de 2010, cumpriu supostamente a idade de 130 anos. Ao atingir esta marca chegou ao limite da plausibilidade segundo os especialistas em gerontologia.
Maria de Jesus (Ourém, 10 de Setembro de 1893 — Tomar, 2 de Janeiro de 2009) foi uma cidadã portuguesa supercentenária, considerada oficialmente a pessoa mais velha do mundo (decana da Humanidade) por cinco semanas. Morreu com 115 anos e 114 dias. Está entre as 25 pessoas mais velhas de sempre. Foi trabalhadora rural.  Gostava de apanhar sol e nunca apreciou pratos de carne, café ou bebidas alcoólicas.





No video Bernando LaPallo de 108 anos fala de como faz uma alimentação simples. Ele come basicamente só frutas, vegetais e um pouco de peixe e queijo muito raramente - não usa leite. Ele come 3 refeições por dia. Come peixe 3 vezes por semana em pequenas quantidades.














Frutas e legumes no topo dos alimentos dos longevos


Investigadores do National Centenarian Awareness Project, experimentaram fazer um perfil das pessoas que passam dos cem anos. Na sua descoberta  a principal característica é a frugalidade da alimentação, isto é, comem pouco e mantêm um regime baixo em calorias, saudável e equilibrado. Tipicamente comem de tudo um pouco e não têm o hábito de comer muito à noite. Frutas e legumes têm a prioridade na sua alimentação, pois são naturalmente ricos em antioxidantes (vitaminas A, E e betacaroteno). Os antioxidantes naturais previnem o envelhecimento e reduzem a quantidade de radicais livres, responsáveis pela morte das células.
No Centro de Envelhecimento da Universidade de Tufts, de Boston, Estados Unidos, as frutas e legumes foram classificados segundo as suas propriedades antioxidantes. Na categoria das frutas, as melhores variedades são o mirtilo, a amora e o morango, seguidos da laranja, do kiwi, da banana e da cereja. Entre os legumes, couve, cenoura, abóbora, espinafre, brócolos e beterraba. E ainda alho, cebola, batata, arroz e trigo.


Estimativas mundiais de longevidade segundo a CIA.




Estimativas da CIa "CIA World Factbook 2008 Estimates for Life Expectancy".
     mais de 80     77.5-80     75-77.5     72.5-75     70-72.5     67.5-70     65-67.5     60-65     55-60     50-55     45-50     40-45     abaixo de 40     não disponivel




Lista da ONU (média para o período 2005-2010)


Estimativas do do relatório de Perspectivas da População Mundial das Nações Unidas (2006) Período:2005-2010 esperança de vida a partir do nascimento (anos).
██ Mais de 80
██ 77,5-80,0
██ 75,0-77,5
██ 72,5-75,0
██ 70,0-72,5
██ 67,5-70,0
██ 65,0-67,5
██ 60-65
██ 55-60
██ 50-55
██ 45-50
██ Menos de 45
██ Não-avaliado

Expectativa de vida masculina

Expectativa de vida feminina
Expectativa de vida ao nascimento (anos)
Posição  ↓País/território  ↓Geral  ↓Homens  ↓Mulheres  ↓
Média mundial67,265,069,5
1 Japão82,679,086,1
2 Hong Kong (R.P.China)82,279,485,1
3 Islândia81,880,283,3
4 Suíça81,779,084,2
5 Austrália81,278,983,6
6 Espanha80,977,784,2
7 Suécia80,978,783,0
8 Israel80,778,582,8
9 Macau (R.P.China)80,778,582,8
10 França80,777,184,1
11 Canadá80,778,382,9
12 Itália80,577,583,5
13 Nova Zelândia80,278,282,2
14 Noruega80,277,882,5
15 Singapura80,078,081,9
16 Áustria79,876,982,6
17 Países Baixos79,877,581,9
18 Martinica79,576,582,3
19 Grécia79,577,181,9
20 Bélgica79,476,582,3
21 Malta79,477,381,3
22 Reino Unido79,477,281,6
23 Alemanha79,476,582,1
24 Ilhas Virgens Americanas79,475,583,3
25 Finlândia79,376,182,4
26 Guadalupe79,276,082,2
27Ilhas do Canal ( Jérsei/Jérsia e  Guernesei)79,076,681,5
28 Chipre79,076,581,6
29 Irlanda78,976,581,3
30 Costa Rica78,876,581,2
31 Porto Rico (EUA)78,774,782,7
32 Luxemburgo78,775,781,6
33 Emirados Árabes Unidos78,777,281,5
34 Coreia do Sul78,675,082,2
35 Chile78,675,581,5
36 Dinamarca78,376,080,6
37 Cuba78,376,280,4
38 Estados Unidos78,275,680,8
39 Portugal78,175,081,2
40 Eslovênia77,974,181,5
41 Kuwait77,676,079,9
42 Barbados77,374,479,8
43 Brunei77,175,079,7
44 República Tcheca76,573,479,5
45 Reunião76,472,380,5
46 Albânia76,473,479,7
47 Uruguai76,472,879,9
48 México76,273,778,6
49 Belize76,173,379,2
50 Nova Caledônia (França)76,172,879,7
51 Guiana Francesa75,972,579,9
52 Croácia75,772,379,2
53 Omã75,674,277,5
54 Bahrein75,674,377,5
55 Qatar75,675,276,4
56 Polónia75,671,379,8
57 Panamá75,573,078,2
58 Guam (US)75,573,377,9
59 Argentina75,371,679,1
60 Antilhas Holandesas (Países Baixos)75,171,378,8
61 Equador75,072,178,0
62 Bósnia e Herzegovina74,972,277,4
63 Eslováquia74,770,778,5
64 Montenegro74,572,476,8
65 Vietnã/Vietname74,272,376,2
66 Malásia74,272,076,7
67 Aruba (Países Baixos)74,271,377,1
68 Macedónia74,271,876,6
69 Síria74,172,376,1
70 Polinésia Francesa (França)74,171,776,8
71 Sérvia74,071,776,3
72 Líbia74,071,776,9
73 Tunísia73,971,976,0
74 Venezuela73,770,976,8
75 Santa Lúcia73,771,875,6
76 Bahrein73,570,676,3
77 Palestina73,471,875,0
78 Hungria73,369,277,4
79 Tonga73,372,374,3
80 Bulgária73,069,576,7
81 Lituânia73,067,578,3
82 China73,071,374,8
83 Nicarágua72,969,976,0
84 Colômbia72,969,276,6
85 Maurícia72,869,576,2
86 Arábia Saudita72,870,975,3
87 Letônia72,767,377,7
88 Jamaica72,670,075,2
89 Jordânia72,570,874,5
90 Romênia72,569,076,1
91 Sri Lanka72,468,876,2
92 Brasil72,468,876,1
93 Argélia72,370,973,7
94 República Dominicana72,269,375,5
95 Líbano72,069,974,2
96 Arménia72,068,475,1
97 El Salvador71,968,874,9
98 Turquia71,869,474,3
99 Paraguai71,869,773,9
100 Filipinas71,769,573,9
101 Cabo Verde71,768,374,5
102 São Vicente e Granadinas71,669,573,8
103 Samoa71,568,574,8
104 Peru71,468,974,0
105 Estônia71,465,976,8
106 Egito71,369,173,6
107 Marrocos71,269,073,4
108 Geórgia71,067,174,8
109 Irã71,069,472,6
110 Indonésia70,768,772,7
111 Tailândia70,666,575,0
112 Guatemala70,366,773,8
113 Suriname70,267,073,6
114 Honduras70,266,973,7
115 Vanuatu70,068,372,1
116 Trinidad e Tobago69,867,871,8
117 Bielorrússia69,063,175,2
118 Moldávia68,965,172,5
119 Fiji68,866,671,1
120 Granada68,767,070,3
121 Estados Federados da Micronésia68,567,769,3
122 Maldivas68,567,669,5
123 Ucrânia67,962,173,8
124 Azerbaijão67,563,871,2
125 Coreia do Norte67,365,169,3
126 Uzbequistão67,264,070,4
127 Cazaquistão67,061,672,4
128 Guiana66,864,269,9
129 Mongólia66,863,969,9
130 Tadjiquistão66,764,169,4
131 Saara Ocidental65,964,368,1
132 Quirguistão65,962,069,9
133 Butão65,664,067,5
134 Bolívia65,663,467,7
135 São Tomé e Príncipe65,563,667,4
136 Paquistão65,565,265,8
137 Rússia65,559,072,6
138 Comores65,263,067,4
139 Índia64,763,266,4
140 Laos64,463,065,8
141 Mauritânia64,262,466,0
142 Bangladesh64,163,265,0
143 Nepal63,863,264,2
144 Ilhas Salomão63,662,764,5
145 Turcomenistão63,259,067,5
146 Senegal63,161,065,1
147 Iémen/Iêmen62,761,164,3
148 Mianmar62,159,065,3
149 Haiti60,959,162,8
150 Timor-Leste60,860,061,7
151 Gana60,059,660,5
152 Camboja59,757,361,9
153 Iraque59,557,861,5
154 Gâmbia59,458,660,3
155 Madagáscar59,457,761,3
156 Sudão58,657,160,1
157 Togo58,456,760,1
158 Eritreia58,055,660,3
159 Papua-Nova Guiné57,254,660,4
160 Níger56,957,856,0
161 Gabão56,756,457,1
162 Benim56,755,657,8
163 Guiné56,054,457,6
164 Congo55,354,056,6
165 Djibouti54,853,656,0
166 Mali54,552,156,6
167 Quênia54,153,055,2
168 Etiópia52,951,754,3
169 Namíbia52,952,553,1
170 Tanzânia52,551,453,6
171 Burkina Faso52,350,753,8
172 Guiné Equatorial51,650,452,8
173 Uganda51,550,852,2
174 Botsuana50,750,550,7
175 Chade50,649,352,0
176 Camarões50,450,050,8
177 Burundi49,648,151,0
178 África do Sul49,348,849,7
179 Costa do Marfim48,347,549,3
180 Malawi48,348,148,4
181 Somália48,246,949,4
182 Nigéria46,946,447,3
183 República Democrática do Congo46,545,247,7
184 Guiné-Bissau46,444,947,9
185 Ruanda46,244,647,8
186 Libéria45,744,846,6
187 República Centro-Africana44,743,346,1
188 Afeganistão43,843,943,8
189 Zimbábue43,544,142,6
190 Angola42,741,244,3
191 Lesoto42,642,942,3
192 Serra Leoa42,641,044,1
193 Zâmbia42,442,142,5
194 Moçambique42,141,742,4
195 Suazilândia39,639,839,4

Adaptação de Luís Guerreiro


Reprodução permitida desde que citada a fonte


Referencias:


http://www.drjewilliams.com/
http://www.laetrile.com.au/copy.asp?sect=q2&page=people
http://en.wikipedia.org/wiki/Life_expectancy
https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/fields/2102.html 
http://www.un.org/esa/population/publications/wpp2006/WPP2006_Highlights_rev.pdf
http://en.wikipedia.org/wiki/Jeanne_Calment
http://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_países_por_esperança_de_vida
http://i2.photobucket.com/albums/y37/gutooo/060910_f_012.jpg
http://www.saudelar.com/edicoes/2009/outubro/principal.asp?send=04_nutricao.htm
http://dn.sapo.pt/inicio/interior.aspx?content_id=1129735
http://noticias.terra.com.br/brasil/interna/0,,OI2646107-EI306,00.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_das_pessoas_mais_velhas

0 comentários: