Qr Code do blog

Qr Code do blog
Qr Code do blog

Rss

Contacto

Blog Archive

Followers

Follow by Email

Add me on Facebook

NutriViva Tv



Total de visualizações de página

domingo, 6 de janeiro de 2008

Uma amizade inacreditável

Uma amizade inacreditável
Gata adotou bem-te-vi que caiu de ninho e o protege como a um filhote

(SÍLVIA LISBOA)


Em condições normais, Chiquita devoraria Pitico. Mas Chiquita não é uma gata qualquer, nem Pitico é um bem-te-vi comum. Em vez de uma relação de caça e caçador, os dois vivem um improvável caso de amizade em um pátio do bairro Jardim Planalto, na Capital.

Quando Pitico caiu do ninho há três anos, tombando no terreno da dona de casa Nair de Souza, a moradora tratou de protegê-lo de Chiquita, temerosa de que o felino fosse abocanhá-lo. A avezinha estava duplamente indefesa. Além de passarinho, alvo dileto dos felinos, o bem-te-vi tinha um problema de nascença: suas asas não se desenvolveram como a de seus irmãos, que na mesma época deixaram o ninho voando. Conseguia apenas dar pulinhos, recurso ineficiente em caso de um ataque de Chiquita.

Ainda filhote, Pitico vivia dentro de uma caixinha, sob o olhar atento de dona Nair. Os receios não se justificaram. Para a surpresa da dona de casa de 51 anos, desde o primeiro dia em que se conheceram, Pitico e Chiquita não se estranharam. Pelo contrário, a cada dia que passava, sempre sob vigilância, os dois animais criavam afinidade. Passaram a comer no mesmo prato - Pitico virou até carnívoro por causa da amiga.

- Ele come tudo o que ela come - diz Nair.

Dormem no sofá da sala, trocam carícias e passam o dia brincando no pátio. Pitico até ensaia vôos para impressionar Chiquita. Apesar da afeição pelo bem-te-vi, a gata não perdeu o apetite por passarinhos. Esperta, usa o companheiro como isca para atacar pardais que se aventuram no pátio.

- Ela deixa o pardal se aproximar do Pitico, e quando ele está próximo, pula por cima dele e abocanha o pardal - conta a dona.

A dupla só se separa quando Pitico vai tomar seus banhos - o bem-te-vi toma até três banhos por dia na sua "piscina", uma bacia improvisada pelos donos. Nestes momentos, Chiquita admira, de longe, o estranho hábito do melhor amigo com a indiferença peculiar dos felinos.

Fonte: Aila

0 comentários: