Qr Code do blog

Qr Code do blog
Qr Code do blog

Rss

Contacto

Blog Archive

Followers

Follow by Email

Add me on Facebook

NutriViva Tv



Total de visualizações de página

terça-feira, 4 de maio de 2010

Linhaça todos os dias pode não ser tão boa ideia

Durante muito tempo fui um utilizador da linhaça quase diariamente. Recomendei a muita gente o seu uso. No entanto recentemente tenho sido confrontado com vários artigos que falam do efeito estrogénico da mesma. Em certos casos esse efeito diminui o risco de certos cancros, miomas e outros. Apesar desses efeitos poderem ser benéficos a curto prazo acredito que o uso prolongado e em quantidade de qualquer alimento, erva ou principio activo extraído dos mesmos, pode se tornar também prejudicial.

No caso da linhaça fala-se da efemenização e desregulação do balanço hormonal que pode provocar nos homens. A soja neste sentido pode ser ainda mais prejudicial.

Autores como o Dr.Mercola, Daniel Vitalis, Dr. Theresa Dale, entre outros referem estas questões.

Quando usamos estrogénios provenientes de plantas poderemos tornar o corpo preguiçoso para criar as suas próprias hormonas e assim ficaremos dependentes dessas sementes no futuro.
Para o corpo criar as suas próprias hormonas outra vez podemos demorar de 6 a 9 meses.

Em conclusão a nossa dieta deve ser variada e não devemos exagerar no uso deste ou daquele alimento diariamente, mesmo que ele seja bom para isto, ou para aquilo, ou tenho efeitos que nos possam ajudar a curar esta ou aquela doença.

Por isso cuidado com os exageros e tenham coragem de mudar, mesmo que seja de opinião.

2 comentários:

Luis Guerreiro disse...

Studies in animals, again, suggest interesting effects on hormone levels, at least in animals given large amounts of flaxseeds. (2). A study called “Dose, timing, and duration of flaxseed exposure affect reproductive indices and sex hormone levels in rats” done at the Department of Nutritional Sciences, University of Toronto, Ontario, Canada found

“In male rats, lifetime 10% flaxseed exposure raised serum testosterone and estradiol levels and produced higher relative sex organ weights and prostate cell proliferation. In contrast, lifetime exposure to 5% flaxseed reduced adult relative prostate weight and cell proliferation, suggesting potential protection against prostatic disease, although sex hormone levels were unaffected. In conclusion, flaxseed can potentially alter reproduction, depending on the dose and timing of exposure.”

So, at very high amounts for their entire life span, flax seeds increased both testosterone and estradiol and even at 5% of their diets for their entire life, no effects on hormones were found. Conclusion, people recommending men avoid flax oil “because it contains estrogens” need to do more research on the topic before giving out bad advice...

(1) Brzezinski A & Debi A, Eur J Obstet Gynecol Reprod Biol, 85(1): 47, 1999)

(2) Tou JC, Chen J, Thompson LU.J Toxicol Environ Health A. 1999 Apr 23;56(Cool:555-70.

Luis Guerreiro disse...

Os estudos em cima referem o contrário portanto o assunto é controverso em relação a esta questão das hormonas. Penso que o melhor mesmo é não exagerar.