Qr Code do blog

Qr Code do blog
Qr Code do blog

Rss

Contacto

Blog Archive

Followers

Follow by Email

Add me on Facebook

NutriViva Tv



Total de visualizações de página

sexta-feira, 7 de maio de 2010

A família da ilha Paraíso



Não está rodeada de água nem a vedação é intransponível.
Chamam-lhe Ilha porque na quinta, dois hectares no concelho de Marvão, hà muito que o tempo parou numa fuga constante à civilização tóxica e prejudicial.
A familia Schwekert, a viver em Portugal vai para 19 anos, tem oito filhos. Os dois mais velhos, já adultos, nasceram ainda na Alemanha. Os seis mais novos, entre os dois e os 11 anos, só conhecem o nosso país; aliás, dificilmente saem da propriedade a que os pais chamam de Ilha Paraiso. Não vão à escola, nunca tomaram vacinas ou medicamentos, não sabem o que é um médico, dormem sempre na rua e ingerem todos os alimentos crus.

Além da família, esta comunidade crua recebe quotidianamente visitas de todo o mundo. O conceito é divulgado na internet e há muito quem queira aderir ou simplesmente experimentar um estilo de vida diferente.

Por 200 euros por semana não faltam alemães, holandeses, franceses, espanhóis e mesmo portugueses a querer uma dose radical de ecologia.
Uma vez no espaço, as diferenças para a civilização, logo ali, a menos de um quilómetro, são impressionantes.

O cheiro é activo. As pessoas, as coisas, tudo é lavado, quando é, apenas com água. O leite de cabra não é pasteurizado, as uvas, moídas à mão, dão um vinho gasoso e com grau desconhecido.

O fogo só serve para aquecer e em casos especiais. O lume mata a comida e, por isso, legumes, leguminosas, leite e ovos são ingeridos sem ser cozinhados.

O sistema não gasta dinheiro e é autosuficiente. Todos trabalham, inclusive as crianças.

Reinhold é o patriarca e mentor do grupo. Na reportagem especial desta semana guia-nos pelo paraíso fora da lei onde só se obedece às regras de Deus e da Natureza

0 comentários: