Qr Code do blog

Qr Code do blog
Qr Code do blog

Rss

Contacto

Blog Archive

Followers

Follow by Email

Add me on Facebook

NutriViva Tv



Total de visualizações de página

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

O Prato serve-se cru - entrevista ao Sol



O prato serve-se cru


Os crudicistas só comem alimentos crus.
Garantem que são mais saudáveis porque não cozem a batata nem o grão.


Que tal substituir-se o macarrão, no prato de massa com molho de tomate, por curgetes cruas raladas? Será que se consegue converter amigos ou crianças mais resistentes à dieta da comida crua? Marcia Almeida, praticamente de crudicismo, considera que tudo depende «da apresentação dos pratos e da combinação harmoniosa dos alimentos»
Os crudicistas não comem alimentos cozidos,assados ou fritos - tudo o que comem é cru.

"As enzimas presentes nos alimentos crus são mais benéficos para a saúde", defende Márcia Almeida, terapeuta de Medicina Tradicional Chinesa e de mesoterapia homeopática. E acrescenta que o ideal seria que a alimentação humana fosse composta por 80% de verduras, 10% de sementes e 10% de fruta.
O crudicismo, ou chamada alimentação viva, assenta na ideia de que a melhor farmácia esta na cozinha: «Se nos alimentarmos do que a natureza nos oferece, teremos uma vida mais saudável». Segundo a terapeuta, esta dieta contribui para uma diminuição dos níveis de colesterol e da tensão arterial.

Sumo e fruta ao pequeno almoço.
A fundadora do crudicismo, a dinamarquesa Kristine Nolfi, que mudou a sua dieta devido a um cancro de mama, estende os benefícios desta alimentação às mulheres grávidas. Garante que o parto «é rápido e quase sem dor, porque o bebé sadio, forte e ágil,coopera», diz.

Dai que Márcia Almeida aconselhe aos seus pacientes a aderir aos crus, mas sem fundamentalismos». É que, mesmo em sua casa, os três filhos (dos 16 aos 21 anos) têm uma alimentação mista - com cozidos e assados.
Para os mais corajosos, no entanto, recomenda que comecem pelo pequeno-almoço: «Deve deixar-se o que se come habitualmente nas pastelarias e passar a tomar um bom copo de sumo em casa».


Apesar de reconhecer os benefícios de alguns alimentos crus, os nutricionistas "convencionais" reforçam a importância de uma alimentação variada e equilibrada, com carne e peixe.
«Os alimentos de origem animal contêm nutrientes essenciais para uma boa alimentação. Beber leite é diferente de tomar um suplemento de cálcio», afirma ao SOL a nutricionista Tânia Cordeiro, que participou recentemente num workshop sobre alimentação viva no Brasil.
Em lugar da comida crua, a nutricionista dá importancia à forma como se cozinha os alimentos, para que estes não percam os seus nutrientes. E apresenta a sopa como uma boa solução: «A água em que os vegetais são cozidos é batida com os alimentos, logo as vitaminas perdidas na fervura continuam a ser ingeridas».

E no que toca à alimentação das crianças. Tânia Cordeiro alerta para o facto de os vegetais não conterem «o nível ideal de aminoácidos, o que pode comprometer o crescimento».


Apesar do sucesso do crudicismo em países como o Brasil, a sua prática é pouco comum em Portugal. Para os mais curiosos, o espaço Maaiana (centro de desenvolvimento de terapias complementares de saúde) organiza um workshop sobre o tema, no dia 8 de Novembro.


Jornalista: Joana Andrade
Fonte Semanário SOL, (Intervalo pag 34 e 35) - 31.10.08
Blog:http://leitedaterra.blogspot.com/

0 comentários: