Qr Code do blog

Qr Code do blog
Qr Code do blog

Rss

Contacto

Blog Archive

Followers

Follow by Email

Add me on Facebook

NutriViva Tv



Total de visualizações de página

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Comer pela Paz

Vivemos há pouco um dia dedicado a meditarmos sobre a Alimentação Vegetariana.

Num planeta com tal falta de harmonia que quase tudo o que se relaciona com a comida se tornou demencial.
A UNESCO diz que são 40.000 crianças!
As quais têm morrido no nosso mundo. Diariamente, por falta de nutrição. Por falta de comida.
Quarenta mil crianças, diariamente!
Entretanto desperdiça-se comida. Desperdiça-se vida.
Quando se vive num mundo de abundancia. Em que tudo chega para todos. Vejamos.

O volume de grãos que cultivamos no ocidente é, na sua maior parte, usado para alimentar o gado criado para ser vendido como carne. Chegamos ao disparate de 95% da aveia e 87% do milho produzidos nos EUA não ser para consumo humano, mas para os animais criados para serem comidos.
Isto representa o uso de 45% de toda a terra disponível no país.
Mais da metade da água consumida nos Estados Unidos é usada na criação de animais de corte. São necessários 2500 galões de água para produzir meio quilo de carne, mas apenas 25 galões para produzirmeio quilo de trigo.
Uma dieta totalmente vegetariana requer 300 galões de água por dia, enquanto que uma dieta à base de carne requer mais de 4000 galões de água por dia.
Criar animais para consumo, causa mais poluição da água que qualquer outra indústria nos Estados Unidos, porque os animais criados para consumo produzem 130 vezes mais excrementos que o total da população humana. Isso significa 45.000 quilos por segundo.
Muito dos dejetos advindos das criações de gado e matadouros fluem para rios e ribeiros, contaminando as fontes de água limpa.
Comer de forma consciente - mindful eating - pode ajudar a manter acompaixão no nosso coração. Uma pessoa sem compaixão não pode ser feliz, não pode relacionar-se com outros seres humanos e com outros seres vivos.
Uma segunda espécie de comida que consumimos diariamente são asimpressões sensoriais ou alimentação vibraconal.
Ou seja a comida que comemos com os olhos, os ouvidos, a língua, o corpo, a mente.
Quando lemos uma revista, nós consumimos o que entrou pelos nossos 7 sentidos.
Quando assistimos à televisão, consomimos aquela vibração.
Quando você escuta uma conversa, você consome. E estes ítemes podem ser bastante tóxicos. Podem existir muitos venenos, como desejos, violência, raiva e desespero.
Porquê permitimos sermos intoxicados quando consumimos em termos de impressões dos sentidos?
E porquê permitimos que nossas crianças também se intoxiquem?
O resultado foi a doença, o ser-doente, a violência, o seu desespero.
E, se se praticar o olhar em profundidade - meditação - torna-se capaz de identificar as fontes de nutrição, da comida que nos tem sido trazida.
Portanto, todas as nações têm que praticar este olhar profundo para a natureza do que se consome diariamente. E, o consumo consciente é a única maneira de proteger a nossa nação, a nós mesmos, à nossa família e à nossa sociedade.
Precisamos aprender o que produzir e o que não produzir, a fim deprover as pessoas apenas com aquilo que é nutritivo e curativo.
Nós podemos abandonar já aquilo que pôde trazer guerra e desespero para o nosso corpo, para a nossa consciência.
E até para o corpo coletivo e para a consciência da nossa nação e da nossa sociedade.
É hora!

Maria Afonso Sancho
BLog:http://mariaafonsosancho.blogspot.com/

0 comentários: