Qr Code do blog

Qr Code do blog
Qr Code do blog

Rss

Contacto

Blog Archive

Followers

Follow by Email

Add me on Facebook

NutriViva Tv



Total de visualizações de página

quinta-feira, 5 de abril de 2007

A Clorela pelo Dr Marcio Bontempo

A Clorela
A Clorela

"A Clorela é uma alga microscópica muito rica tambem em Clorofila que tambem desempenha propriedades desintoxicantes e remineralizantes alem de ser muito nutritiva, pois contém oito aminoácidos essenciais e todos os não essenciais, o que a torna o ser vivo mais completo em termos de aminoácidos, apresentando apenas uma pequena redução na quantidade de metionina.
Quanto às vitaminas, a clorela contém grande quantidade de beta-caroteno, vitamina C, vitamina E, vitamina K, vitaminas B1, B2, B6, B12, niacina, ácido pantotênico, ácido fólico, biotina, colina, inositol, ácido para-aminobenzóico (PABA), e outras em menor quantidade.
Entre as vitaminas, a B12 é a mais complexa e a mais difícil de ser obtida através dos alimentos. As fontes tidas como mais ricas em vitamina B12 são o fígado e o músculo dos animais, existindo em quantidades menores no leite e nos seus derivados. No entanto, descobriu-se que a clorela contém mais vitamina B12 do que o fígado. Uma colher de sopa de clorela pura granulada apresenta 333% das quantidades diárias exigidas pelo organismo adulto, ou seja, de 3 vezes mais as necessidades recomendadas oficialmente (RDA).
A clorela representa um importante suplemento para vegetarianos. Sabe-se que grupos que consomem apenas alimentos do reino vegetal, inclusive evitando os ovos e os laticínios, apresentam graus relativos de deficiência em B12. Não apenas isso, mas a vitamina B12 trabalha ligada ao ácido fólico numa série de outras funções orgânicas importantes, responsáveis pela sensação de bem-estar. Verifica-se com frequência a existência de anemia perniciosa nesses grupamentos dietéticos. O Dr. Anthony Helmen e seus colegas da Universidade de Sydney, Austrália, estudaram 60 homens e 60 mulheres que se tornaram vegetarianos puros: 5% dos homens e 27% das mulheres apresentaram deficiência em ferro e baixos níveis sanguíneos de vitamina B12.
Na sua composição mineral a Clorela é também um dos organismos mais completos e ricos, apresentando quantidades consideráveis de cálcio, magnésio, zinco, cobre, manganês, ferro, enxofre, iodo, fósforo, potássio, cobalto, selênio e outros. Na sua composição, ela apresenta também enzimas, ácidos graxos poliinsaturados e uma boa carga do impostante ácido lipóico, fundamental para o crescimento de microorganismos benéficos.
Foi verificado que a Clorela é um poderoso desintoxicante para metais pesados. Em 1973, um médico japonês, o Dr. S. Ichimura, apresentou no congresso da Sociedade Farmacêutica do Japão uma experiência com animais de laboratório envenenados com cádmio aos quais foram misturadas 8g diárias de clorela; a excreção desse produto aumentava cerca de três vezes mais nas fezes e sete vezes mais na urina, comprovando o efeito desintoxicante da clorela para metais pesados tóxicos. Em 1979, outros cientistas (Horikoshi, Nakajima e Sakagushi) demonstraram a capacidade da clorela de eliminar urânio, chumbo, mercúrio, cobre, cádmio e outros metais de culturas de leveduras. Muitos outros estudos mostrando essa capacidade da clorela foram realizados até hoje."

Fonte

0 comentários: