Qr Code do blog

Qr Code do blog
Qr Code do blog

Rss

Contacto

Blog Archive

Followers

Total de visualizações de página

domingo, 10 de janeiro de 2010

Estamos sempre a aprender... Crudivoro, Vegan 80/10/10


Em relação à questão das frutas, tenho lido, visto video-conferencias e muita coisa sobre o assunto nos ultimos dias.

Várias pessoas tem-me feito imensas perguntas sobre o assunto.



Nunca fui frugivoro (a 100%) por isso não poderei opinar baseado em experiência pessoal. Como sim muita fruta e começo sempre a manhã com batidos, sumos/sucos ou simplesmente algumas peças de fruta. Normalmente é o suficiente para ficar satisfeito por cerca de 3 horas.

Para quem tenta encontrar uma alimentação ideal o bom mesmo é experimentar - somos todos diferentes quer na forma como nos alimentámos ao longo da vida , no meio onde vivemos (cidade, campo, etc) e inclusive somos fruto daquilo que os nossos pais sempre comeram - estudos recentes mostram como a alimentação da mãe influencia o desenvolvimento do feto e posteriormente os hábitos da criança, prolongando-se pela idade adulta. A titulo de exemplo as mães indianas comem alimentos altamente condimentados e é normal qualquer criança deste país começar a comer comida picante relativamente cedo.

Tudo isto para voltar a falar do consumo de frutas.

Se investigarmos a dieta dos primatas com estrutura fisiológica idêntica a nós humanos, veremos que os mesmos vivem basicamente de frutas, folhas, rebentos/brotos e algumas nozes/castanhas. A proporção de macronutrientes da sua alimentação ronda os 80% de hidratos de carbono (carbo-hidratos no Brasil) sendo o resto aproximadamente 10% de proteína e 10% de gordura. Baseado nestas proporções o médico norte-americano Dr. Douglas Graham desenvolveu uma dieta (sobre a qual escreveu um livro) denominada de 80/10/10 o livro chama-se "80/10/10 Balancing Your Weight, and Life One Luscious Bite at a Time" traduzido grosseiramente por " 80/10/10 equilibrando o seu peso e vida com uma dentada suculenta de cada vez".
O Dr. Douglas Graham é conselheiro de diversos campeões olimpicos como por exemplo a campeã mundial de ténis Martina Navrátilová (que segue uma alimentação crua á base de frutas e vegetais segundo este principio).

Ela obteve nos seus 22 anos de carreira 1442 vitórias em simples (record absoluto entre homens e mulheres) num total de 2120 partidas.

O Dr. Douglas Graham tem aconselhado atletas durante cerca de 35 anos (ele próprio é um atleta) mas os mesmos métodos nutricionais utilizados para a alimentação de super atletas ele tem aplicado em pessoas com problemas se saúde por isso criou um espaço onde ministra retiros.

Segundo a teoria do Dr Graham derivamos obter a maioria das nossas calorias a partir de frutas já que as mesmas são quase imediatamente absorvidas (mesmo na boca), o combustível das nossas células são os açucares simples (não confundir com açúcar/branco refinado) como a glucose - dessa forma pouparíamos o trabalho de digestão dos hidratos de carbono complexos que normalmente fazem parte da nossa alimentação convencional e que tem que ser separados para que haja aproveitamento dos mesmos.

Com esta questão surge a questão do excesso de açúcar no organismo pois se comermos alimentos ricos em açúcar (neste caso frutas) teríamos eventualmente um excesso de açúcar circulando na corrente sanguínea. O dr. Graham diz que o mesmo só acontece se a nossa dieta for também rica em gordura (seja ela animal ou vegetal) e sugere um máximo de gordura de 10% do total de calorias diário ingerido, o mesmo de certa forma se passa com a proteína. Se formos analisar qualquer alimento tem uma proporção de hidratos de carbono, gordura e proteína - todas as frutas e vegetais tem uma determinada proporção destes macro-nutrientes e dai a sua classificação. O abacate como se sabe é rico em gordura e proteína sendo a quantidade de hidratos de carbono menor. Todos os alimentos são classificados conforme estas proporções.

Resumindo, segundo o Dr. Graham o consumo de gordura a acima dos 10% e proteína, nas mesmas proporções, poderá atrasar a absorção do combustível necessário ás nossas células proveniente dos açucares simples. Dai o excesso de açúcar no sangue que consequentemente provoca uma descarga maior de insulina e pode levar a doenças como diabetes.


Então a questão posta desta forma não tem a ver com o comer fruta mas sim com o que mais se come e em que quantidades.

Não quero dizer com isto que devemos viver só de frutas esquecendo o resto e o próprio Dr. Graham recomenda também as folhas verdes em conjunto com as frutas.

De realçar que para obter a quantidade de calorias necessárias é preciso comer imensas frutas e vegetais - muita fruta mesmo.

Enfim esta é mais uma questão para pensar - cada um tem que fazer as suas "contas" e tomas as decisões que achar mais correctas para a sua alimentação. Penso que observar a natureza e tentar do melhor possível regressar a um alimentação cada vez mais simples e natural será o percurso ideal. O caminho pode ser mais ou menos longo dependendo da vontade individual e da forma como escutamos o nosso corpo.

Não esquecer que há muitas teorias e que somos todos diferentes - reunir o melhor dessas teorias e colocá-las em prática, com abertura a novas ideias e possibilidades, estudando sempre, é o meu método - o seu vc é que tem que escolher.



Texto de Luís Guerreiro - Permitida a utilização se mencionada a fonte



Saber mais:



2008 Jan 22
Dr. Doug Graham excertos do livro 80/10/10. O autor é tido como o "Pai" do movimento crudívoro atual, tendo trabalhado com muitos dos melhores atletas do mundo, passou 5 anos escrevendo o livro e já leva a dieta que ele propõe a quase ...
2007 Fev 15
... "Nutrition and Athletic Performance", "Grain Damage", e os livros seguintes, "Prevention and Care of Athletic Injuries" e "The 80/10/10 Diet". Compartilhou as suas estratégias para o sucesso em mais de 4.000 apresentações em todo o ...

0 comentários: