Qr Code do blog

Qr Code do blog
Qr Code do blog

Rss

Contacto

Blog Archive

Followers

Follow by Email

Add me on Facebook

NutriViva Tv



Total de visualizações de página

domingo, 9 de novembro de 2008

Terapia do óleo

Este método, conhecido como “oil pulling” (OP), ou “óleo que puxa”, consiste em bochechar óleo de girassol em jejum, provocando um processo de cura dentro do organismo.

Desse modo, pode-se curar simultaneamente células, tecidos e órgãos do corpo humano, evitando a destruição da microflora, prevenindo, curando e aumentando o equilíbrio, uma vez que todo o organismo é atingido.

Tal método apresenta resultados excelentes na cura de diversos males, como dor de cabeça, bronquite, dor de dente, aterosclerose, eczema, leucemia, artrite, trombose, artrose, paralisia, gastrenterite, peritonite, doenças cardíacas, doenças renais, meningite, distúrbios hormonais, úlcera do estômago, problemas intestinais, encefalite, câncer, aids e diversas doenças da mulher.

Além disso, serve para prevenir várias moléstias crónicas do sistema circulatório, nervoso, digestivo e respiratório.

COMO PROCEDER

Usa-se óleo puro de girassol (ou gergelim) prensado a frio.

O óleo puro de girassol é bem amarelinho e tem cheiro forte de girassol. Geralmente é vendido em vidro pequeno, de 150 ou 200 ml, e custa o triplo do valor do óleo de girassol de cozinha, que não é puro.

Pela manhã, totalmente em jejum, coloca-se uma colher de sopa (ou um pouco menos) do óleo na boca e bochecha-se pelo tempo de 20 a 25 minutos, passando-se vagarosamente o óleo entre os dentes, de um lado para o outro da boca.

Enquanto o óleo é revolvido na boca, o metabolismo se intensifica no organismo e o estado de saúde fica mais estável.

ATENÇÃO: NÃO SE PODE ENGOLIR O ÓLEO!

De início, o óleo é grosso, depois vai ficando cada vez mais fluido. Deve-se cuspi-lo quando ele estiver branco como leite. Se ainda estiver amarelo, é porque não se bochechou o tempo suficiente.

Depois de cuspir o óleo, é preciso bochechar diversas vezes com água e limpar bem os dentes com a escova. Como o líquido cuspido é venenoso, deve-se limpar muito bem a pia.

No líquido cuspido encontra-se grande quantidade de germes patogênicos e outras substâncias nocivas.


TEMPO DO TRATAMENTO

Para acelerar o processo de cura, o método pode ser repetido três vezes ao dia, antes das refeições, com o estômago vazio.
Deve-se continuar o tratamento até o organismo recuperar a força, a vitalidade, o apetite sadio, o sono profundo e a boa memória.

Pode ocorrer uma aparente piora em doentes que sofrem de várias moléstias. Isso ocorre principalmente quando um foco de infecção começa a se desfazer ou quando se interfere num foco que no futuro provocaria uma doença grave.

Portanto, não se pode parar o tratamento, mesmo aparecendo febre, para não interromper o processo de cura. Na verdade, a aparente piora significa tão-somente que o organismo está reagindo e se recuperando.

Problemas agudos costumam desaparecer dois a quatro dias depois do início do tratamento, enquanto problemas crônicos podem precisar de um ano inteiro.

Evidência cientifica:

O Dr. F. Karach, MD, apresentou um documento à "All-Ukrainian Association". A reunião contou com a presença de oncologistas e bacteriologistas pertencentes à Academia de Ciências da ex URSS. O Dr. Karach explicou este simples processo de cura incomum usando óleos prensados a frio.

O Dr. Karach disse que este processo pode sarar totalmente "dores de cabeça, bronquite, dor dentária, trombose, eczema, úlceras e doenças do estômago, intestinos, coração, sangue, rins, fígado, pulmão e doenças da mulher. Ele cura também doenças dos nervos, paralisia, e encefalite. Ela impede o crescimento de tumores malignos, e cura-os. A Insónia crónica também tem cura com este processo. "

Mas esta terapia tem de ser experimentada para de facto provar os seus resultados. É mais espantoso que esses resultados podem ser alcançados com este método curativo e biológico absolutamente inofensivo. Este método simples torna possível tratar eficazmente as mais variadas doenças, permitindo, em alguns casos, evitar uma intervenção cirúrgica e à utilização de medicações que podem ter efeitos colaterais prejudiciais. O processo de cura é realizado pelo organismo humano por si só. Desta forma é possível curar as células, tecidos e todos os órgãos em simultâneo; o próprio organismo começa a se livrar de resíduos tóxicos sem perturbar a microflora saudável. O Dr. Karach diz ainda que os seres humanos vivem apenas metade da sua vida. Eles poderiam ser potencialmente saudáveis até aos 140 ou 150 anos.

Resultados de estudos efectuados na Índia:
Em 1996, foi feito um inquérito para descobrir os tipos de doenças curadas e da eficácia da Terapia do Óleo. De um total de 1041 entrevistados, 927 (89%) relataram cura de uma ou mais doenças. Pessoas que não relataram nenhuma cura foram 114 (11%). A análise indicou os seguintes tipos de cura de doenças crónicas:

Dores no corpo e problemas relacionados com o pescoço e, acima de 758 casos
Alergia e problemas respiratórios dos pulmões como asma, bronquite, etc -191 casos
Problemas como o da pigmentação da pele, coceira, cicatrizes, manchas negras e eczema - 171 casos
Aparelho Digestivo-155 casos
Constipação-110 casos
Artrite e dor articular-91 casos
Doença cardíaca e B.P-74 casos
Diabetes-56 casos
Doenças relacionadas ao sistema reprodutor feminino relatada por mulheres-21 casos
Doenças como a poliomielite, câncer, lepra, rins policísticos, neural fibroma, paralisia, etc - 72

Perguntas Frequentes:

Qual é a melhor altura (hora) para a prática de OP?

A Ayurveda indica o OP na manhã após escovar os dentes e limpeza da língua com o estômago vazio.O Dr. Karach indica o OP antes do pequeno-almoço(café da manhã) com estômago vazio. Uma hora depois de beber água ou chá ou café ou líquidos pela manhã, mas antes do pequeno-almoço (café da manhã).

Quem pode Praticar OP?

Todas as pessoas acima da idade de cinco anos podem praticar. Para crianças acima de cinco anos usar apenas uma colher de chá (cinco ml) de óleo para o OP. Pessoas com próteses dentárias devem removê-los antes desta prática. As mulheres podem praticar OP durante o período e também na gravidez.

Quanto tempo é necessário para comer ou beber após o OP?

Após fazer o OP, lave a boca bem e, em seguida, você pode comer ou beber.

Que outros óleos podem ser utilizados para o OP?

O Dr. Karach sugere o Óleo de girassol. O Óleo de gergelim (sésamo) é prescrito pela Ayurveda. Ambos os óleos funcionam bem na cura de problemas de saúde. Outros óleosforam utilizados por alguns profissionais mas não atingiram resultados desejáveis. Alguns outros óleos podem ser adequados para determinados problemas, mas o Dr. Karach não recomenda a prática diária.

A quantidade de 10 ml de óleo é muito pouco para o OP. Podemos usar 20 ml de óleo?

Quando usamos o óleo no Op ele deve tornar-se fino, como a água e não se deve sentir uma sensação oleosa no gosto. Quando isto acontece, teríamos utilizado todo o óleo para os fins do OP. Isto acontece dentro de 15 a 20 minutos para a maioria das pessoas. Se a quantidade é aumentada pode levar mais tempo e tornar-se dificilpara que o liquido se torne aquoso e a maior parte das pessoas não gostaria de passar mais tempo com o óleo na boca. Cuspir quando ainda está gorduroso é um desperdicio de de óleo e não se consegue assim uma sensação de frescura o que não é desejável. Se você sentir que precisa um pouco maisde óleo, tente, não existe nenhum dano. Esta é também a razão para sugerir apenas cinco ml de óleo para as crianças.

Podemos fazer algum outro trabalho enquanto fazemos o OP?

Não. É aconselhado fazer o OP lentamente, queixo para cima de preferência em posição sentada, para sentir que óleo é puxado através de dentes e toca todas as partes da membrana mucosa na cavidade oral.

Existe alguma diferença na prática do OP para doenças agudas e crônicas?

Doenças agudas serão curadas de dois a quatro dias por OP, praticando três vezes por dia com oestômago vazio, antes do pequeno-almoço (café da manhã), almoço e jantar. Doenças crônicas precisam de mais tempo, pode ser um ano ou até mais, dependendo do estado da doença, idade, hábitos, estado de saúde geral da pessoa, etc.


Que problemas surgem durante o OP:

- (a) O óleo não se tornar fino ou aquoso, mesmo após 30 minutos e parece estando a ser absorvido e que reduz a quantidade na boca
(b) Nariz bloqueado devido ao acúmulo de muco
(c) Espirro e tosse
(d) O catarro na garganta solta-se e vem para a boca
(e) Necessidade urgente de evacoar ou urinar.

a) O óleo não se tornar aquoso, porque a salivação é insuficiente e a boca está seca. Na maioria dos casos, isso acontece na parte da manhã também à noite, em alguns casos. Em circunstâncias normais do óleo não é absorvido na boca. Principal razão é a falta de adequado salivação devido à falta de fluidos do corpo. Em todos esses casos, você deve beber dois ou três copos de água, ir fazer uma caminhada de 30 a 45 minutos e após o regresso fazer o OP.

(b) Para evitar o bloqueio do nariz durante o OP lavar, limpar e soprar (assoar) o seu nariz antes de iniciar o OP. Lentamente faça sair o ar do nariz, para limpar, segurando o óleo na boca. Repita se necessário.

(c) Sensibilização / Irritação pode causar espirros ou tosse enquanto faz o OP. Fazer o OP lentamente num estado relaxado para evitar esse tipo de irritação. Respire lentamente e relaxe quando a irritação ou sensação de espirrar é sentida. Vai passar. Você pode espirrar ou tossir enquanto tem o óleo na boca. Se tiver que espirrar ou tossir, através do boca faça-o na pia, para evitar pingos de óleo a espalharem-se por todo o lado ou pode cobrir a boca com um lenço de papel.

(d) Se o catarro vier para a boca, cuspa tudo e e comece novamente com óleo fresco.

(e) A necessidade de urinar ou passar fezes coloca-se apenas se você não o fez antes do OP. Em todos os casos, o melhor é relaxar na cadeira e fazer o OP.

Quanto tempo vai demorar para curar uma doença particular?

Quanto tempo leva para curar uma determinada doença é difícil de precisar, pois depende da idade, o estado de saúde e doença, alimentação e outros hábitos de cada pessoa etc. O Dr. Karach porém disse "que doenças crônicas podem demorar um ano enquanto que doenças agudas podem ser curadas em 2 a 4 dias. Prátique até a força, frescura, sono tranquilo, bom apetite e boa memória originais estarem de volta "

Como funciona a cura com OP ?

Dr (Med.) Karach afirmou: "A terapia do óleo cura a dor dentária totalmente."
O OP é chamado de "Kavala GRAHAM"nos textos da Ayurveda. No capítulo da Charaka Samhita sutra sthana é-lhe atribuído o seguinte: "pelo OP com til-taila (óleo de gergelim) os dentes não são afetados com cáries e tornam-se firmes e enraizados. A dor de dentes e sensibilidade aos ácidos serão curados a pessoa será capaz de mastigar os alimentos mais duros. "

Aqueles que têm dado as suas experiências são dadas em doenças específicas e sob Teeth inTestimonies dar os resultados do OP o efeito sobre os dentes resolvendo problemas. Um excelente resultado do OP é solto, que fixa os dentes dentista, que não pode fazer.


Dos testemunhos recolhidos a terapia de OP tem resolvido os mais variados problemas de dentes. Um resultado particular é a fixação de dentes soltos, algo que nenhum dentista consegue fazer.

A partir das experiências podemos comprovar que o OP vai aliviar a dor de dentes, remove infecções, pára a desminerilização, reduz / elimina a sensibilidade dos dentes e corrige os dentes soltos.

Do acima exposto podemos criar um paralelo com os métodos médicos de cura por em que "o OP é analgésico no alívio de dor, antibiótico na eliminação de infecções, anabolizante na fixação de dentes soltos, reduz a sensibilidade dos dentes como "sensodant"» e garante ainda a higiene oral. O OP torna isto possível através da sua influência sobre o sistema nervoso, endócrino e sistema imunológico no sentido de um estado de equilíbrio-saúde a partir de um estado de problemas de saúde.

De uma forma similar o OP cura dores de cabeça, enxaqueca, espirros, gripe e algumas dores em alguns dias ou fazendo OP algumas vezes de seguida. A ressaca será aliviada no prazo de duas ou três vezes fazendo do OP na parte da manhã. Esta pode ser sentida durante alguns dias. Jugue o OP a partir da sua experiência.

De modo semelhante o OP cura todas as outras doenças e o tempo gasto será diferente para cada pessoa.

Existem algumas reações e os medicamentos podem ser usados e / ou continuados?

Normalmente não há reações e a cura ésuave e agradável. Algumas vezes, em alguns casos, pode haver um agravamento-piorar de uma doença. Nessas alturas, não se deve preocupar. Agravamento da doença é um sinal claro de cura. No caso do agravamento não ser tolerável você pode parar por alguns dias ou tomar algum medicamento para o alívio e, em seguida, continuar o OP.

Se estiverem a ser utilizados medicamentos, reduzir gradualmente a toma há medida que vai sentindo melhoria da prática do OP e, finalmente, parar de tomar os remédios e continuar o OP para erradicar totalmente a doença do corpo. Em caso de qualquer doença crônica, se estiver a tomar medicamentos regularmente e não queira reduzi-los o OP não será eficaz para curar a sua doença crônica, mas certamente irá reduzir os efeitos colaterais dos restos das drogas dos produtos químicos.

O Dr. Karach disse: "Algumas pessoas em quem se manifestam várias doenças simultaneamente, um aparente agravamento da condição é possível. Isto é devido à medida que a infecção primária vai desaparecendo, outras infecções secundárias começam a dominar temporariamente. Depois de alguns dias uma infecção secundária desaparecerá enquanto outra pode ser estimulada e começar em atividade. Estes sintomas geralmente são aparentes em pessoas que sofrem de doenças crónicas ou terminais. Nestas circunstâncias Dr Karach recomenda que a pessoa afetada continue de forma continua o tratamento, mesmo que comece a ter febre. O Dr. Karach mantém apenas que quando estes sintomas aparecem o tratamento de óleo irá facilitar uma rápida cura. Se o tratamento tiver de ser parado por uma ou outra razão os efeitos globais abrandarão. Por estes motivos o Dr. Karach sustenta que "uma aparente piora da saúde é um excelente sinal que a doença está a ser progressivamente retirada do corpo ".

Tradução livre e adaptação de Luis Guerreiro (se encontrar algum erro - por favor comunique...)

Fonte: http://oilpulling.com/

Nota (Luis Guerreiro): Experienciei esta terapia várias vezes e recomendo. É simples, é eficaz e muito mais barato do que comprar remédios com efeitos colaterais indesejáveis. Conheço várias pessoas que a praticam, nomeadamente amigos provenientes dos países de leste (imigrantes em Portugal) que contam ser prática comum em muitos hospitais e clinicas desses países.



ATENÇÃO: Não nos responsabilizamos pela informação fornecida - Leia a Limitação de Responsabilidade no fundo desta página.

11 comentários:

juliana andrada disse...

OI Luiz,
Gostei muito desse texto. Vc tem por acaso uma versão dele traduzida pra ingles? Gostaria de repassar pra familia aqui na Holanda.
Tudo de bom,
juliana .
www.rocknraw.blogspot.com

Luis Guerreiro disse...

Já mandei o link para o seu email.

Muita Paz!!!

Luis Guerreiro disse...

Publicado poe um participante na nossa comunidade "Nutrição com Amor", no Orkut:

"Tenho feito os bochechos matinais à alguns meses e estou tendo resultados interessantes, pricipalmente com relação a sangramento de gengivas (tenho colo exposto e furcas abertas por retração da gengiva), bem como diminuição da mobilidade em alguns dentes.
O óleo comum de girassol tem em qualquer supermercado, o orgânico talvez tenha no mundo verde. Uma vez vi no mercado municipal e achei muito caro."

"Primeiramente, acredito que qualquer efeito terapêutico, seja qual for a forma utilizada, depende de uma série de fatores com relação ao indivíduo, conforme citou o Luiz.
Assim sendo, qualquer prognóstico baseado em experiência alheia pode ser falso. Exemplificando, um fator determinante é o estado geral da pessoa, outro é o modo como ele aceita e encara a terapia, outro o meio em que vive, outro é o estado psicológico, tipo de dieta e por aí vai.
Contudo, podemos usar a estatística como referencial.
Estou fazendo os bochechos regularmente, 1 vez só por dia (manhã em jejum total). Poucos dias, deixo de fazer por algum acontecimento de força maior.
Depois de uns 20 dias, passei a notar alguma melhoria num pigarro que me incomoda eventualmente Tenho desvio de septo e problemas na glândula adenóide. Existe solução cirúrgica, mas ne nego a fazê-la, uma vez que consigo superar os sintonas naturalmente. Depois de uns quarenta dias, diminuiu até parar um sangramento que já comentrei em post anterior.
Atualmente estou dormindo maravilhosamente bem sem os problemas mencionados.
Por fim uma má notícia: tenho sentindo uma pequena estafa no final da tarde, às vezes acompanhado de uma ligeira dor de cabeça (no link que li a respeito, isto pode ocorrer temporariamente).
Ah, comecei à uns 3 meses."

Floestal disse...

olah

Achei muitíssimo interessante o artigo.Quem sabe consigo convencer todo mundo em casa a fazer também?Devo confessar que parece estranho à primeira vista, mas nãocusta tentar. Uma coisa que me deixou um pouco relutante quanto a tal prática de OP é exatamente o fato de se jogar o óleo pela pia, ou seja vai diretamente pro ralo.É possível reciclá-lo como se fosse óleo comum após o bochecho?
obrigada pela atenção e parabéns pelo blog!
encontrei muitas coisas interessantes aqui!

flavio disse...

O oléo de girassol de cozinha pode ser usado? ou só o puro?, não encontrei o puro!,no caso de se alguém tiver fazendo tratamento de canal e tiver com corativo no dente, pode se fazer o bochexo com o oléo? Aguardo respostas.
Um abraço
flavoalmeida@gmail.com

roseli disse...

eu faço urinoterapia desde 2005, posso fazer uso da terapia do oléo?

Ecodea disse...

Luis, obrigada pelo texto, foi muito esclarecedor! Já tinha ouvido falar, mas nao sabia muitas informaçoes a respeito. Acho que agora vou tentar! Tb gostei do seu outro post relatando a experiência.
Abraços,
Andrea
www.apressadonaocomecru.blogspot.com

Anônimo disse...

Óleo de côco virgem prensado a frio, pode??

Luis Guerreiro disse...

Óleo de côco virgem ... experimente e comente depois. Mal não vai fazer concerteza.

valeria disse...

Quem usa protese dentaria fixa pode bochechar com o oleo de girassol?

Luis Guerreiro disse...

Algumas das respostas encontram-se na nossa comunidade do Orkut (link no cabeçalho do blog). Convido-@s a participar.
Não vejo qualquer inconveniente de fazer urinoterapia e oil pulling Roseli. Porém não tenho experiência dessa combinação apesar de já ter feito uma ou outra das terapias mas não em conjunto.
Em relação à pergunta da Valéria sobre protese dentaria não estou a ver onde vai prejudicar.

Repito, que não sou responsável por alguma experiência - eu já experimentei e resultou por isso partilho.