Qr Code do blog

Qr Code do blog
Qr Code do blog

Rss

Contacto

Blog Archive

Followers

Follow by Email

Add me on Facebook

NutriViva Tv



Total de visualizações de página

domingo, 15 de abril de 2007

DIETA RICA EM FRUTAS REDUZ RISCO DE CÂNCER DE CÓLON

Grandes e médios consumidores de carne têm 70% a mais de chance de desenvolver câncer que aqueles que seguem dieta alta em fruta e baixa em carne

WASHINGTON - Uma dieta rica em frutas e com pouco consumo de carne diminui o risco de câncer de cólon, segundo um estudo da Universidade da Carolina do Norte em Chapel Hill, nos Estados Unidos.

O artigo, divulgado na edição deste mês da publicação The Journal of Nutrition, mostra que um alto consumo de carne pode aumentar as chances de surgimento do câncer de cólon, segundo mais mortífero nos EUA, perdendo apenas para o de pulmão.

Os pesquisadores diferenciaram três tipos de pessoas segundo sua dieta: os que consomem muitas frutas e que quase não provam carne, os que combinam altas quantidades de frutas com um consumo moderado de carne e os que basicamente só consomem carne.

O estudo revelou que os grandes e médios consumidores de carne têm 70% a mais de chance de desenvolver um câncer que aqueles que seguem uma dieta alta em fruta e baixa em carne.

A dúvida dos investigadores era a saber se, apesar de ingerir grandes quantidades de carne, uma pessoa poderia resistir aos males deste tipo de alimento ingerindo grandes quantidades de frutas.

"Alguns estudos descobriram um efeito protetor da fruta e das verduras, mas muitos outros sustentam que não há relação entre o consumo de frutas e verduras e o risco de desenvolver tumores ou pré-tumores de cólon", dizia o estudo.

A alimentação alta em carne é típica da população americana. Por isso, o estudo recomenda um maior consumo de cereais integrais e de fruta, além de uma redução dos alimentos altos em açúcar e gorduras.

Para a realização do estudo, os investigadores realizaram 725 pesquisas com perguntas sobre hábitos de consumo de alimentos, tabaco e outros produtos a pessoas que se submeteram a uma colonoscopia.

Testes mostraram que 203 pessoas entre os entrevistados tinham adenomas - pólipos que podem chegar a se tornar um câncer e normalmente retirados durante a colonoscopia. Segundo estimativas, 52.000 pessoas morrerão de câncer de cólon em 2007.

Data Edição: 23/03/07
Fonte: Estadão

0 comentários: