NutriViva no Facebook é a nossa página no Facebook onde há uma constante actividade com pratos e ideias sobre Alimentação Viva.
O blog também está acessivel em ALIMENTACAOVIVA.COM e ALIMENTACAOVIVA.INFO
Visitem o meu blog em inglês (com traduçao automática)
Raw in Copenhagen
Ao deixar um comentário referente a um artigo, por favor colar o link desse artigo.

Badge Raw Food

Qr Code do blog

Qr Code do blog
Qr Code do blog

Rss

Contacto

Search/ Busca

Carregando...

Blog Archive

Followers

Follow by Email

Add me on Facebook

NutriViva Tv



Ocorreu um erro neste gadget

Total de visualizações de página

terça-feira, 10 de maio de 2011

Video: Flavonoides



Os benefícios dos flavonoides para a saúde. Essas substâncias, presentes em frutas como maçã, uva e morango, ajudam o organismo a funcionar melhor e previnem os radicais livres, combatendo o envelhecimento.
Os flavonoides também equilibram o colesterol, reduzem os riscos cardíacos e têm ação anti-inflamatória. Mas é importante comer a casca e preferir as frutas frescas, que contêm maior quantidade desses componentes que os sucos/sumos.

Fonte: Globo Reporter

Pólen combate o envelhecimento e ajuda a recuperar energias



  Edésio Santos é professor de educação física. Ele corre o tempo todo e, nas horas de folga, pratica exercício. De onde vem tanta energia? “Há 15 anos, eu acordo de manhã e a primeira coisa que eu faço é comer o meu pólen”, revela.


Veja o video no final.








Ainda em jejum, Edésio come uma colher de pólen puro, um poderoso suplemento alimentar. “Antes de tomar o pólen, parecia que as coisas eram mais pesadas. Eu até desempenhava bem os meus papeis, só que fazia como se fosse um fardo. Hoje, eu faço muito mais coisas do que eu fazia e as coisas são mais leves”, afirma o professor.
Mas que alimento é esse? É comida de abelha e se chama pólen apícola. “O pólen é a principal fonte protéica da abelha. O néctar é a fonte de carboidratos, o pólen é a fonte de proteínas, minerais e lipídeos. Sem ele, o enxame não se desenvolve. Em poucos dias, três, quatro dias, ele pode definhar e morrer”, explica Lídia Barreto, do Centro de Estudos Apícolas da UNITAU.
Depois de pousar de flor em flor e retirar o pólen, as abelhas voltam para a colmeia carregadas. Cada bolota, como dizem os especialistas, ou bolinha amarela presa à pata é o mais puro pólen.
A cada voo que uma abelha faz, ela volta à colmeia com duas bolotas de pólen. E elas são incansáveis, chegam a fazer 80 voos por dia. Quer dizer que cada abelha produz 160 bolotas de pólen.
Para coletar o pólen, os apicultores usam uma espécie de tela na entrada da colmeia. Os furos são tão estreitos que, para passar, as abelhas são obrigadas a derrubar os grãozinhos do lado de fora.
Mas nem todo pólen é coletado. Como a tela também tem furos maiores, dois terços da comida extraída das flores vão para dentro da colméia e se transformam no pão das abelhas. O pólen é mais uma evidência de que o que é bom para as abelhas, é excelente para a gente também.
“O pólen no nosso meio é conhecido como bifinho verde. E ele tem uma composição físico-química básica de proteínas similar a um bife, em torno de 20%. Ele tem lipídeos. Esse lipídeo é um lipídeo muito bom com propriedades antioxidantes. É uma gordura, mas uma gordura boa”, destaca Lídia Barreto, coordenadora do Centro de Estudos Apícolas da UNITAU.
E ele desperta cada vez mais a curiosidade dos pesquisadores. Em um laboratório da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo, as pesquisas com pólen mostraram que ele pode ajudar a combater as doenças do envelhecimento.
“Comprovamos, na verdade, que ele tem as três vitaminas antioxidantes, beta caroteno como a pró-vitamina A, a vitamina C e a vitamina E, que são as três antioxidantes”, afirma a farmacêutica bioquímica Lígia Muradian, da USP.


O pólen também é rico em vitaminas do complexo B, que ajudam, por exemplo, no funcionamento do sistema nervoso central, na prevenção e tratamento de cataratas. O grãozinho surpreende.
“Para se ter ideia, as quantidades que foram encontradas de vitamina B1 podem ser associadas às quantidades que se encontra dessa vitamina nas carnes de porco, por exemplo. As quantidades de vitamina B2 que nós encontramos eram superiores às quantidades que se encontra no leite”, explica a química Vanilda Soares de Arruda.
“Acredito que ele deve ser encarado como alimento, um alimento que tem efeito preventivo contra algumas doenças”, ressalta a nutricionista Ilana Pereira de Melo.
A repórter Mônica Teixeira experimenta o pólen na cozinha do laboratório da USP e aprova. “Tem um gosto como se eu tivesse comendo um cereal matinal. É bem crocante. Não parece com mel, mas dá para comer puro sem o menor problema”, comenta.
A recomendação é ingerir 5 gramas por dia, o equivalente a uma colher de sopa, mas ele não precisa ser puro. O pólen está sendo testado como ingrediente na culinária. E já existem maneiras bem mais saborosas de garantir a dose diária desse alimento.
Na Universidade de Taubaté, a cozinha é um laboratório, onde o sabor do pólen é posto à prova: no molho da salada, na salada de fruta, no patê, bolos, biscoitos de pólen e até trufas e bombons.






MÔNICA TEIXEIRA Taubaté, SP
Edição do dia 28/05/2010
28/05/2010 22h32 - Atualizado em 28/05/2010 23h19
segunda-feira, 9 de maio de 2011

WorkShop de Chocolate Cru

Uma excelente oportunidade de aprender a fazer chocolates deliciosos e saudáveis, mantendo toda a vitalidade e nutrientes do Cacau Cru.

Todas as receitas criadas durante o workshop são feitas a partir de produtos naturais e/ou biológicos, sem gorduras animais e sem adição de açúcar.

Mais informações sobre os benefícios do Cacau Cru em: http://alimentacaoviva.blogspot.com/2010/10/cacau-cru-propriedades.html

Revolução da Comida! Ensinar alimentação a todas as crianças



Transcrição em português

Infelizmente, nestes próximos 18 minutos enquanto temos esta conversa, quatro americanos vivos morrerão devido à comida que comem.


O meu nome é Jamie Oliver. Tenho 34 anos. Venho de Essex, Inglaterra e durante os últimos sete anos tenho trabalhado incansavelmente para salvar vidas à minha maneira. Não sou médico. Sou cozinheiro; não tenho equipamento nem medicamentos caros. Uso informação, educação.

Vibrant kids! Workshops sobre comida saudável para crianças

Vibrant kids!
A BioSábio e a BioSamara apresentam uma série de workshops sobre comida saudável para crianças.
Venha conhecer e inspirar-se em receitas verdadeiramente saudáveis para si e para os seus filhos. Saiba mais sobre nutrição e “comida viva” e a forma como os alimentos podem apoiar a nossa saúde física, mental e emocional. 
    26 de Março – 15 horas
  • Bebidas nutritivas, alternativas aos lácteos – “Leites” de frutos secos crus
    -O mito das proteínas, Fontes proteica , Efeitos secundários dos produtos lácteos, e os lácteos mais saudáveis
    É possível que seu navegador não suporte a exibição desta imagem.
  • Smoothies nutritivos   
    -Comida rápida e fácil, cheia de nutrientes. Que Superalimentos são indicados para crianças?
     16 de Abril – 15 horas


  • Doces e guloseimas. Sem lácteos. Sem açúcar. Muito nutritivos! 
    Bolas nutritivas , Pudim de Lucuma, Mousse de Chocolate
    - Os efeitos do açúcar, Adoçantes saudáveis
    É possível que seu navegador não suporte a exibição desta imagem.
             7 De Maio – 15 horas
  • Comida cozinhada Vibrante 
    Refeições fáceis, veganas e sem trigo, para crianças; Quinoa com legumes em espirais, Caçarola de trigo-sarraceno germinado, Caterpillars de abacate.
    -Os efeitos do trigo, Alternativas ao trigo, Comida metade cozinhada/metade crua
     
      28 De Maio – 15 horas
  • Gelados e chocolate bons para si?
    Gelado de Lucuma, Sorvete de Morango, Chocolate nutritivo
    Custo de participação por workshop - 12,50€, incluindo degustações e receitas para levar para casa. Para inscrição: tel. 210987546; info(@)biosabio.pt; BioSábio, Rua A Gazeta de Oeiras, 4 A, Oeiras