Qr Code do blog

Qr Code do blog
Qr Code do blog

Rss

Contacto

Blog Archive

Followers

Follow by Email

Add me on Facebook

NutriViva Tv



Total de visualizações de página

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Argila - 25 indicações


foto artigo

Argila - 25 indicações

A argila é um dos mais poderosos ingredientes curativos da medicina natural. É um excelente antitóxico e remineralizante e possui um grande poder bactericida e desinfectante. Descubra como usá-la em cada caso.

Acne - Aplique uma cataplasma de argila verme-lha ou verde em toda a zona afectada (face, pescoço, costas...), durante 10-20 minutos. Depois, retire-a com abundante água morna.

Picadas de insectos - Aplique sobre a zona afectada uma cataplasma de argila vermelha ou verde e renove-a sempre que secar até que a dor desapareça.

Artrite e reumático - Para acalmar a dor nas articulações, utilize cataplasmas temperadas de argila vermelha ou verde, grandes e grossas. Aplicar nas zonas afectadas várias vezes ao dia de 30 a 60 minutos.

Astenia primaveril - Beba duas vezes por dia, antes das refeições, um copo de água com uma colher de argila branca em suspensão (mexa a água com a colher e beba rapidamente para ingerir só a argila que está em suspensão).

Beleza - A argila verde elimina as impurezas da pele, hidrata e normaliza a secreção sebácea, pelo que é ideal para os casos de acne ou de peles com tendência gordurosa. Devido ao seu poder antiséptico e bactericida, é um remédio eficaz contra todas as alterações da pele. Também possui um grande efeito rejuvenescedor.

Pode fazer máscaras faciais de 15 em 15 dias: Use argila verde se tiver a pele gordurosa, argila cinzenta se desejar um efeito purificante, argila branca se quiser um efeito cicatrizante e argila vermelha se quiser hidratar e prevenir o envelhecimento.

Bronquite - Aplique uma vez por dia uma cataplasma temperada de argila vermelha ou verde, de dois centímetros de grossura sobre o peito e as costas. No primeiro dia mantenha a cataplasma 10 minutos e depois vá aumentando gradualmente até chegar aos 30 minutos. Continue o tratamento durante uma semana.

Diarreia - Beba, duas ou três vezes por dia, um copo de água com uma colher de argila branca.

Dentes e gengivas - Contra as inflamações nas gengivas aplique uma cataplasma de argila vermelha ou verde na zona da face perto da inflamação e repita a aplicação cada vez que a argila secar. Contra as aftas, piorreia e gengivite, faça bochechos diárias com água com argila branca.

Dor cervical - Aplique duas vezes por dia cataplasmas frios e grossos de argila vermelha ou verde, que cubram desde a nuca até aos ombros. Deixe que actuem hora e meia.

Furúnculos - Como são acumulações de pus, só se curam mais depressa se se aplicar uma cataplasma de argila muito espessa e grossa (cerca de dois centímetros) duas vezes por dia.

No princípio, quando está em plena erupção, deixe a cataplasma colocada durante a noite. É normal que o furúnculo piore, ao princípio, para logo rebentar e acabar por secar. Convém que continue a colocar cataplasmas, inclusivamente quando se fechar a ferida, para que cicatrize bem. Nesta fase, basta uma cataplasma diária.

Distensão muscular - Aplique uma cataplasma de argila verde ou vermelha na zona afectada, durante duas horas, duas vezes por dia.

Gastrite, úlceras e outros problemas estomacais - Antes das refeições tome um copo de água com uma colher de argila branca.

Dor de garganta (anginas, faringite, amigdalite, laringite) - Logo ao primeiro sintoma, aplique directamente sobre o pescoço, cataplasmas frios de argila vermelha ou verde de dois centímetros de espessura.

Renove-os constantemente, sempre que aquecerem, e deixe uma colocada durante a noite. Quando os sintomas começarem a desaparecer, aplique uma cataplasma por dia até o problema desaparecer.

Eczema - Coloque sobre a parte afectada uma compressa de pouca espessura ou uma ligadura e retire-a quando estiver seca. Se sentir ardores, pulverize a zona com argila branca.

Entorses e torceduras - Aplique uma cataplasma de argila verme-lha sobre a zona quente e mude quando aquecer.

Repita a operação até que a infecção passe e a dor acalme. Depois aplique emplastros em cada duas ou três horas.

Gripe e febre - Aplique cataplasmas frias e espessas de argila no baixo ventre e na nuca e mude-as sempre que aquecerem durante as primeiras quatro horas.

A Argila

Que contém

Silício - 49,10%
Alumínio - 14,61%
Sesquióxido de ferro - 5,65%
Cálcio - 4,44%
Magnésio - 4,24%
Óxidos alcalinos - 3,08%
Humidade. - 7,40%



Como actua

- Em aplicações externas e internas, a argila é anti-séptica e bactericida, pelo que impede o desenvolvimento de gérmens e absorve os maus odores.

- Atrai a si mesma todos os tóxicos.

- Ao possuir um potente efeito regenerador e cicatrizante favorece a criação de novos tecidos.

- Protege o organismo do excesso de radiações (raios X, cobaltoterapia) e equilibra-o quando lhe falta radioactividade natural.

- É analgésica e refrescante, e por ser desinflamatória, recomenda-se para os casos de golpes, extracções dentais e infecções.

- Actua sobre os sistemas ósseo, vascular e respiratório, e a sua acção nas fibras elásticas é primordial, assim como sobre os tendões, pele e sobre o tecido conjuntivo que envolve os músculos e outras estruturas corporais.

Por via interna

No percurso ao longo do tubo digestivo, a argila dá força e vitalidade a todo o organismo. As pequenas partículas da argila estimulam as mucosas, activando, ao mesmo tempo, as funções digestivas.

Oferece ao organismo de forma assimilável todos os sais mi-nerais de que necessita (cálcio, ferro, magnésio, silício, potássio...). Por outro lado, absorve todas as toxinas, venenos, bactérias, gases, fermentações e a acidez que existe no organismo afectado.

Indicada: A argila por via interna está indicada principalmente para todas as afecções do trato digestivo como por exemplo, gastrite, úlcera gástrica e duodenal, diferentes tipos de colite, diarreias agudas e crónicas, intoxicações alimentares...).

Do mesmo modo, a gota, arterioesclerose, diabetes e doenças de pele, do sangue, fígado, bílis e rins melhoram se forem tratadas com argila de uso interno.

Contra-indicada: Para as pessoas que sofrem de oclusão intestinal e também para as que têm propensão a sofrer deste problema.

Como se toma: Diluída em água fria e bebida sempre antes ou um pouco depois das refeições. A dose diária, em geral, é de uma colher para os adultos e meia colher para as crianças com menos de dez anos. A água mexe-se rapidamente com uma colher de pau e toma-se imediatamente.

Tipo de argila: Quando se usa por via interna, é preferível utilizar a argila branca, embora também se possa usar a verde e a vermelha se tivermos garantia sobre a sua total higiene.

Feridas - Depois de lavar bem a ferida com água e sabão, polvilhe-a com argila branca e aplique-lhe um emplastro de argila vermelha ou verde e tape-a.

Retire o emplastro ao fim de duas horas, lave bem a ferida de novo e volte a borrifá-la com argila branca. Deixe-a destapada e repita a operação duas vezes por dia.

Hemorróidas - Aplique, duas vezes por dia, cataplasmas frios de argila vermelha ou verde sobre as hemorróidas durante uma hora. Também pode tomar um banho de argila.

Herpes - Podem melhorar rapidamente se logo que aparecerem se aplicarem emplastros de argila fria, que devem renovar-se cada meia hora durante duas horas. Depois, duas vezes por dia, aplica-se uma cataplasma que se mantém durante duas horas. Enquanto não se usar a cataplasma, pode aplicar-se pó de argila branca sobre a herpes.

Intoxicação alimentar - Logo aos primeiros sintomas há que tomar, durante as primeiras 24 horas, água com argila branca diluída (uma colher por cada copo de água). Se a intoxicação vier acompanhada de urticária, pode polvilhar-se o corpo com argila branca.

Conjuntivite, pálpebras inchadas - Aplique durante uma hora, duas vezes por dia, gases molhadas em água com argila branca sobre os olhos fechados, que serão renovadas em cada 15 minutos.

Otite - Desaparece rapidamente se aplicarmos, em redor das orelhas e sobre a nuca, cataplasmas frios de argila, que devem renovar-se sempre que aquecerem.

Queimaduras - Lavar a zona e colocar sobre a queimadura um emplastro frio de argila, que se muda quando aquece.

Repetir a operação até a dor desaparecer, e aplicar então um ou dois cataplasmas por dia, mantendo-os durante uma hora. Se a zona a tratar for muito grande também se pode recorrer ao banho morno de argila.

Transpiração - Para evitar o excesso de transpiração polvilhar as axilas e os pés com argila branca ou verde.

Lavar os pés com água com argila vermelha ou verde ajudará a li-bertar a pouco a pouco o mau odor dos pés.

Às pessoas com problemas graves de transpiração fará bem tomar um banho de argila de dez minutos, uma vez por semana.

Varizes - Melhoram muito se se aplicar um emplastro de argila pouco espessa em toda a perna, à frente e atrás, e se deixar actuar meia hora. Mudar se secar antes.

Em época de crise, como quando faz calor, pode aplicar-se este emplastro todos os dias; para prevenir o problema recomenda-se que o faça duas vezes por semana. Os banhos de argila também são recomendáveis.

Cataplasma - Para fazer a mistura use um recipiente de barro, cristal ou madeira, nunca de metal nem de plástico. E para remover utilize uma colher de madeira.

Deite a argila vermelha ou verde num recipiente e junte, a pouco e pouco, água (sem cloro). Aguarde que a argila absorva a água e mexa até conseguir uma pasta.

Aplique a pasta de argila sobrepondo camadas até alcançar a espessura adequada e tape-a com um pano de algodão e com algo que abafe para que seque o mais rapidamente possível. Quando secar ou se tenha cumprido o tempo recomendado, retire a cataplasma com água.

- Nas inflamações superficiais agudas como picadas, golpes, feridas ou queimaduras, a argila actua pelo frio e perde a sua acção descongestionante à medida que vai aquecendo, por isso é conveniente mudá-la por argila nova e fresca.

- Nas inflamações agudas muda-se a argila sempre que aquece demasiado, hora a hora aproximadamente. Sem dúvida, que a argila colocada sobre o ventre é mais eficaz à medida que aquece com o calor doentio que extrai do interior, por isso deve-se mudar sempre que está seca.

Invólucro - Dilui-se a argila em água abundante e fervida, fria ou quente, ou numa infusão adequada para cada caso. A água deve ficar lodosa. Depois introduzem-se as ligaduras ou telas e cobre-se com elas a parte a tratar. Esta forma de aplicação é boa para o tratamento de queimaduras, celulite, eczemas...

Banho de argila - Junta-se a água morna argila vermelha ou verde até ficar lodosa (cerca de nove colheres de argila por meia banheira). Introduz-se o corpo inteiro ou a parte a tratar na água e permanece-se assim durante o tempo recomendado para cada caso. Este tipo de aplicação resulta no caso das varizes, dor de costas, dermatites e outros problemas de pele.

por: Tareixa Enríquez

    0 comentários: