Qr Code do blog

Qr Code do blog
Qr Code do blog

Rss

Contacto

Blog Archive

Followers

Follow by Email

Add me on Facebook

NutriViva Tv



Total de visualizações de página

terça-feira, 30 de setembro de 2008

"Bactérias amigas" podem minorar as chances de desenvolvimento de eczema do bebê, mostra novo estudo

Por Fiona Macrae - Daily Mail
27 de setembro de 2008


Pensando em começar uma família? Tendo probióticos na gravidez poderia reduzir a possibilidade do seu bebé de desenvolver excema, mostra um novo estudo.

Mães que tomaram um suplemento probiótico no último mês de gravidez e nos primeiros meses de aleitamento materno tiveram bebés com duas vezes menos probabilidades de desenvolver a condição da pele.

Quando eles foram testados aos dois anos, aqueles expostos aos probióticos tiveram metade de chances de contrair eczema comparados com aqueles expostos a um placebo em pó.

No entanto, o efeito só se aplica a um dos dois tipos de probióticos testados.

As outras bactérias testadas no estudo, Bifidobacterium animalis, pouco fizeram para evitar eczema, relata o estudo publicado no Jornal de Alergia e Imunologia Clínica da Nova Zelândia.

Os pesquisadores pediram a cerca de 300 mulheres para tomar cápsulas probióticas no último mês de gestação e durante o aleitamento.

O conteúdo das cápsulas também foram espalhados sobre o bebé, comida e bebidas.

Todos os bebês estudados tinham uma história familiar de alergias, o que os colocava em maior risco de eczema.

A outro grupo de mulheres eram fornecidas cápsulas placebo de aspecto idêntico, segundo o Diário de Alergia e Imunologia Clínica relata.

Os ensaios revelaram que aqueles expostos ao Lactobacillus rhamnosus, um dos dois tipos de probióticos testados, eram duas vezes menos susceptíveis de ter eczema.

Mas o outro suplemento, Bifidobacterium animalis pouco fez para evitar a condição que afeta 1.7 milhões crianças em idade escolar na Grã-Bretanha.

Os pesquisadores, das universidades de Wellington e de Otago, disseram que o estudo sugeriu que o primeiro suplemento poderia ajudar a evitar eczema em bebês predispostos à doença.

Uma pesquisa publicada no início deste ano revelou que os probióticos podem cortar as chances de desenvolvimento de eczema em 30 por cento.

No entanto, outros estudos têm dúvidas, como as pesquisas feitas pela Consumers' Association descrevendo as provas para os produtos como «desigual».

Pesquisa anterior sugeriu que os probióticos ajudam a evitar doenças no intestino como a colite ulcerosa, proteger as crianças contra alergias e até podem reduzir o risco de cancro do cólon.

As bebidas, iogurtes, pós e cápsulas - regularmente tomadas por dois milhões de britânicos - diz-se servirem para reforçar a digestão e a saúde, aumentando o número de bactérias "amigas" no intestino.

Mas os especialistas advertiram também que muitos produtos não contêm o tipo certo de bactérias ou de a quantidade ser muito baixa para serem eficazes.

Além disso, grandes quantidades de açúcar são muitas vezes utilizados para fazer probiótico drinks saborosos, o que levou a que alguns sejam mais doces que a Coca-Cola.

Conclusão (Luis Guerreiro): Podemos recorrer ao kefir para obter todo o tipo de bactérias amigáveis

Tradução livre: Luis Guerreiro

0 comentários: