Qr Code do blog

Qr Code do blog
Qr Code do blog

Rss

Contacto

Blog Archive

Followers

Follow by Email

Add me on Facebook

NutriViva Tv



Total de visualizações de página

sexta-feira, 17 de agosto de 2007

Comida de dieta 'pode provocar obesidade em crianças'


comida com alto teor calórico
Pesquisadores sugerem dieta baleanceada para crianças
Produtos de dieta para crianças podem, em vez de controlar o peso, aumentar o risco de obesidade, afirma uma pesquisa realizada pela Universidade de Alberta, no Canadá.

O estudo, publicado na revista científica Obesity, realizou testes com ratos de laboratório em que os roedores foram tratados com comidas de baixa caloria.

Os pesquisadores treinaram ratos jovens para relacionar o gosto da comida ao valor calórico e perceberam que, ao notarem que os alimentos tinham poucas calorias, os roedores comeram mais do que o necessário para compensar.

O consumo das versões de baixa caloria de produtos que normalmente têm alto teor calórico pode desregular a habilidade natural do corpo de controlar a ingestão de energia através do gosto dos alimentos.

Dieta balanceada

De forma semelhante, estimam os pesquisadores, crianças que fazem dieta podem acabar comendo mais das comidas de baixa caloria e aumentar o peso.

David Pierce, líder da pesquisa, disse que uma dieta balanceada, combinada com exercícios físicos, é a melhor forma de manter as crianças em forma e saudáveis.

“Com base no que aprendemos, é melhor que as crianças comam de forma saudável, com dietas balanceadas que contenham calorias suficientes para suas atividades diárias e evitem lanches ou refeições com baixas calorias.

E acrescentou: "Comidas de dieta provavelmente não são uma boa idéia durante a fase do crescimento”.

Os estudiosos também perceberam que, ao contrário dos mais novos, os ratos mais velhos não apresentaram a mesma tendência e comeram menos.

Isto porque, acreditam os pesquisadores, eles foram capazes de identificar através do gosto o nível do valor energético dos alimentos e ingerir a quantidade certa de energia.


Fonte: BBC Brasil

0 comentários: