NutriViva no Facebook é a nossa página no Facebook onde há uma constante actividade com pratos e ideias sobre Alimentação Viva.
Visitem o meu blog em inglês (com traduçao automática)
Raw in Copenhagen
Ao deixar um comentário referente a um artigo, por favor colar o link desse artigo.

Badge Raw Food

Qr Code do blog

Qr Code do blog
Qr Code do blog

Rss

Contacto

Search/ Busca

Carregando...

Blog Archive

Followers

Follow by Email

Add me on Facebook

NutriViva Tv



Total de visualizações de página

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Uma dieta rica em antioxidantes melhora a resistência à insulina

Uma nova pesquisa acaba de ser apresentado na Reunião Anual da Sociedade de Endocrinologia,  realizada em San Diego, mostra que os antioxidantes naturais na dieta podem ser um poderoso meio para melhorar a resistência à insulina - mesmo em pessoas que são obesas e que sofrem de síndroma metabólico.



"Os efeitos benéficos de antioxidantes são conhecidos, mas foi revelado pela primeira vez uma de suas bases biológicas da ação - a melhoria da ação hormonal em indivíduos obesos com síndroma metabólico", afirmou num comunicado à imprensa o pesquisador Antonio Mancini, MD, um investigador da endocrinologia na  Universidade Católica do Sagrado Coração, em Roma, Itália.


O Dr. Mancini e os seus colegas pesquisadores investigaram os efeitos dos antioxidantes da dieta sobre a resistência à insulina em 16 homens e 13 mulheres entre 18 e 66 anos de idade. Todos os sujeitos da pesquisa eram obesos e insulino-resistentes, mas ainda não tinha desenvolvido diabetes. Os participantes do estudo foram divididos aleatoriamente em quatro grupos de tratamento. Todos os grupos foram submetidos a dietas de tipo mediterrânico média 1.500 calorias diárias de baixo teor calórico, contendo apenas 25 por cento  de proteína sendo o resto composto por  carboidratos/hidratos de carbono de baixo índice glicêmico (como cereais integrais que não provocam um aumento rápido no açúcar no sangue).


No entanto, enquanto um grupo comeu apenas esta dieta, o segundo grupo consumiu o mesmo tipo de comida, mas também tomou uma medicação oral que diminui a glicose no sangue chamado metformina (vendidos sob as marcas Glucophage, Glucophage XR, Glumetza, Glucophage e Riomet).Os grupos  três e quatro comeram uma dieta de estilo mediterrânico, também, mas enriquecida com porções extra de frutas e legumes que são conhecidos por ser ricas em antioxidantes; ao grupo  quatro também foi dado a metformina.


Todos os indivíduos da pesquisa  perderam aproximadamente a mesma quantidade de peso, mas apenas os dois grupos que consumiram a dieta antioxidante (grupos 3 e 4) tiveram uma diminuição significativa na resistência à insulina. O último grupo teve o melhor  resultado com base num teste oral de tolerância à glicose, segundo o relatório dos cientistas.


Embora os pesquisadores não tenham discutido a possibilidade, a capacidade da dieta antioxidante melhorar consideravelmente a resistência à insulina, sem qualquer medicação é um indício promissor de que dietas ricas em antioxidantes naturais  podem ajudar muitas pessoas que enfrentam esse problema  como pré-diabéticos que não podem tomar - ou não querem tomar - a metformina. Os efeitos secundários da medicamentação mais comuns (que ocorrem em um em cada três doentes) são náuseas, vômitos, gases, flatulência, diarréia e perda de apetite.


O Dr. Mancini apontou que há indícios de stress oxidativo, que pode resultar em danos às partículas do sangue e células, e desempenha um papel no síndroma metabólico. E pesquisas anteriores já mostraram que os antioxidantes podem impedir o dano oxidativo às células e às vezes até mesmo reparação de danos. Antioxidantes, que são encontrados naturalmente em muitos alimentos, incluindo frutas, verduras, legumes e nozes, incluem as vitaminas E e C, selênio e carotenóides, como beta-caroteno.






Os superalimentos como goji berriescacau cru, entre outros, são dos alimentos mais ricos em antioxidantes que existem.

Para mais informações:
http://www.endo-society.org/endo201...
http://www.naturalnews.com/antioxid...
http://diabetes.niddk.nih.gov/dm/pu...

1 comentários:

Tai disse...

POderia se dada uma relação de alimentos anti-oxidantes de fácil acesso?