NutriViva no Facebook é a nossa página no Facebook onde há uma constante actividade com pratos e ideias sobre Alimentação Viva.
O blog também está acessivel em ALIMENTACAOVIVA.COM e ALIMENTACAOVIVA.INFO
Visitem o meu blog em inglês (com traduçao automática)
Raw in Copenhagen
Ao deixar um comentário referente a um artigo, por favor colar o link desse artigo.

Badge Raw Food

Qr Code do blog

Qr Code do blog
Qr Code do blog

Rss

Contacto

Search/ Busca

Carregando...

Blog Archive

Followers

Follow by Email

Add me on Facebook

NutriViva Tv



Ocorreu um erro neste gadget

Total de visualizações de página

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Semana Vegetariana 2009


banner Semana Vegetariana

Semana Vegetariana 2009

De 1 a 7 de Outubro de 2009 irá decorrer, pelo segundo ano consecutivo, a Semana Vegetariana Mundial. Inúmeras organizações, espalhadas por vários países, juntam-se a este movimento para promover um estilo de vida mais saudável, mais humano e ambientalmente sustentável.

Este ano, o famoso autor John Robbins aceitou o desafio de promover a Semana Vegetariana Mundial. John Robbins é filho do fundador do império de gelados Baskin & Robbins, e desistiu do império para se concentrar na sua escrita e na promoção de um estilo de vida saudável e conscencioso. É autor do best-seller "The Food Revolution" e ainda dos livros "Diet for a new America" e "Healthy at 100", John Robbins é também um brilhante orador tendo sido orador principal em várias conferências em diversos países. John Robbins convida-o(a): Por uma melhor saúde para SI e para o PLANETA, escolha o vegetarianismo, promova a Semana Vegetariana: de 1 a 7 de Outubro.

A Semana Vegetariana são sete dias, dedicados à promoção e divulgação do vegetarianismo, enquanto estilo mais saudável, ético e ecológico.

A iniciativa pretende também chamar a atenção da comunidade em geral para os problemas causados pelo consumo de carne, bem como para informar sobre as vantagens de uma alimentação vegetariana. Com relatórios praticamente diários sobre secas severas, inundações, tempestades e incêndios, e com cientistas ambientais a prever o aumento da temperatura, é urgente corrigir o mundo do seu actual percurso insustentável como forma de evitar uma enorme catástrofe. Vários relatórios têm demonstrado a contribuição significativa das dietas baseadas em animais para o aumento do aquecimento global, sendo essencial considerar uma mudança nas dietas como prioridade mundial.

Todos os dias são excelentes dias para sermos vegetarianos conscientes e saudáveis, mas os dias 1 a 7 de Outubro são uma boa oportunidade para redobrar os nossos esforços e campanhas no sentido de um mundo melhor:

· 1 de Outubro, Dia Mundial do Vegetarianismo

. 2 de Outubro, Dia Mundial dos Animais de Quinta

· 4 de Outubro, Dia Mundial do Animal

Em Portugal, o Centro Vegetariano é o promotor desta iniciativa e convida todas as associações, restaurantes vegetarianos, lojas de produtos naturais e outras entidades a juntarem-se à Semana Vegetariana 2009, organizando workshops, palestras, demonstrações culinárias ou outras formas de promoção.

Todas as pessoas são convidadas a participar distribuindo folhetos, estando presentes em eventos ou simplesmente divulgando aos amigos.

O site http://www.semanavegetariana.com disponibiliza toda a informação relativa a essa Semana, assim como todas as iniciativas que se irão realizar de Norte a Sul do país.

Junte-se a esta iniciativa de promoção do vegetarianismo!



Copyright Centro Vegetariano. Reprodução permitida desde que indicando o endereço: http://www.centrovegetariano.org/Article-523-Semana%2BVegetariana%2B2009.html

Suco verde com Dr. Alberto Gonzalez

Dr. Alberto ensina a fazer o suco verde.
Suco indicado para problemas vasculares e combate uma séries de doenças além de ser uma ótima fonte de revigoração ao corpo.
É indicado que tome um copo grande por dia, de preferência no café da manhã.
Com a ajuda de um liquidificador e um coador de preferência um vual, você consiguirá fazer sem nenhuma dificuldade.

AVP - Workshop sobre comida crua.

Um pequeno workshop sobre os benefícios para a saúde do crudivorísmo (alimentação crua) apresentado na SPN pela Associação Vegetariana, no fim de semana de comemoração do dia mundial do Veganismo. No vídeo demonstra-se como fazer uma receita com vários alimentos crus.

Marmelo


O marmelo (cydonia oblonga) advém do Sudoeste Asiático da região dos mares Cáspio e Negro, de clima moderado e é conhecido há cerca de 4 mil anos. Os gregos consagravam estas “maçãs de ouro” à deusa Afrodite e na Croácia são símbolos de fertilidade e vida. Começou a ser cultivado provavelmente na antiga Pérsia (atual Irão), de onde se espalhou pelo Mediterrâneo.
É uma árvore de muitos galhos, folhas duras e cor verde-escura. As flores são grandes e brancas ou rosadas.

Medicinalmente, por serem bastante ricos em pectina, tanino e substâncias gelatinosas, os marmelos costumavam ser ministrados na Idade Média a quem sofria de diarreia e a geleia vegetal resultante da semente do fruto demolhada é um bom xarope (ainda usado no Médio Oriente) para inflamações da faringe, bronquites, tosse e dores de garganta. Para catarros da faringe e brônquios, o dr. Schneider (1) também recomenda cozer 5 g de sementes de marmelo trituradas com 5 ml de água, misturado com xarope de malvaísco e tomado às colheres. Outras propriedades do marmelo são a adstringência, anti-oxidação, a riqueza em vitamina A, cálcio, ferro e fibra, decorrendo pesquisas quanto às suas propriedades anti-virais e no combate à úlcera gástrica.
No acto de compra devem escolher-se os frutos firmes, perfumados e amarelos e ser manuseados com cuidado para evitar que fiquem com manchas castanhas de pressão.

Curiosidade: o sabor amargo de um marmelo maduro torna-se doce quando em contacto com água do mar.

O fruto tem cor dourada, formato arredondado. É ácido (mesmo depois de cozido), de perfume forte e polpa dura.

VITAMINAS - O marmelo cru é uma boa fonte de vitamina C, mas, durante o cozimento, perde-se grande parte dessa vitamina. Também contém vitaminas do complexo B e alguns sais minerais.

Além disso, auxilia no bom funcionamento do aparelho digestivo.

Ao comprar, escolha frutos maiores, mais pesados e de formato regular, sem sinais de picadas de insetos ou manchas esverdeadas. O marmelo maduro se conserva muito bem fora da geladeira durante uma semana.

Referências:
«A saúde pelos Alimentos», Dr. Ernest Schneider (médico), Publicadora Altântico, S.A.R.L., 1977
http://www.everynutrient.com/healthbenefitsofquince.html
http://www.zhion.com/herb/Quince.html
http://www.seagri.ba.gov.br
http://www.todafruta.com.br
http://www.centrovegetariano.org/
quinta-feira, 15 de outubro de 2009

55% dos mortos pela nova gripe tinham outras doenças; 45% eram saudáveis


Números são do maior estudo já realizado sobre os casos nos EUA.
Foram analisados 1.400 adultos e 500 crianças hospitalizadas.

Da Reuters


  • Aspas

    A vasta maioria das hospitalizações e mortes está ocorrendo em pessoas mais jovens"

A maioria das pessoas que morreram por causa da nova gripe pandêmica H1N1 tinha doenças como asma, mas 45% pareciam saudáveis, segundo o maior estudo já feito sobre os casos nos Estados Unidos.

Crianças com doença falciforme e outras enfermidades sanguíneas correm risco especial de complicações por causa da nova gripe, assim como ocorre com a gripe comum, afirmou na terça-feira (13) Anne Schuchat, do Centro de Prevenção e Controle de Doenças (CDC) dos EUA.





14/10/09 - 09h49 - Atualizado em 14/10/09 - 09h54

Americana entra em coma após comer hambúrguer e preocupa os EUA



13/10/09 - 20h45 - Atualizado em 14/10/09 - 10h14

Americana entra em coma após comer hambúrguer e preocupa os EUA

Professora de dança perdeu movimentos após comer carne contaminada.
Governo já retirou 14 milhões de toneladas de carne das prateleiras.

O principal ingrediente de um prato tipicamente americano, o hambúrguer, virou motivo de preocupação nos Estados Unidos. Uma americana perdeu os movimentos da cintura para baixo após comer uma carne contaminada por uma bactéria.

Stephane era professora de dança no estado de Minessota. Começou a se sentir mal depois de ter comido hambúrguer preparado em casa pela mãe, que havia comprado uma caixa no setor de congelados do supermercado.

Os sintomas começaram com diarréia, depois Stephanie teve convulsões, ficou inconsciente e entrou em coma induzido por nove semanas. Após dois anos, ela não consegue mais andar.

Chorando, a ex-professora de dança diz que nunca pensou que um hambúrguer fosse mudar completamente a sua vida.


O sistema nervoso dela foi atingido pela bactéria escherichia coli, que estava alojada na carne moída.

O hambúrguer é o arroz com feijão dos americanos. Nos Estados Unidos, a carne é normalmente moída em grande escala fora do supermercado, em centros industriais. Cada pacote pode ter uma mistura de várias partes do boi. E é aí que está o risco.

A bactéria fica alojada no intestino do gado. Às vezes, no abatedouro, partes do intestino contaminadas com a bactéria são cortadas e se misturam a outras peças que, depois, são moídas.

Apesar da fiscalização intensa, não são raros os casos de apreensão de carne, por suspeitas de contaminação.

Nos últimos dois anos, 112 pessoas adoeceram no país, atingidas pela bactéria. O governo retirou 14 milhões de toneladas de carne das prateleiras.


Americana entra em coma após comer hambúrguer e preocupa os EUA :
http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/0,,MUL1339877-5602,00-AMERICANA+ENTRA+EM+COMA+APOS+COMER+HAMBURGUER+E+PREOCUPA+OS+EUA.html

Flores comestíveis


flores comestíveis

Flores comestíveis

As flores comestíveis podem ser um complemento excelente de qualquer refeição ou até mesmo servir de prato principal. Mas antes de te aventurares pela alimentação florida existem vários pontos que deves saber:
* Nem todas as flores são comestíveis, existindo algumas que contêm princípios tóxicos. Em caso algum deves consumir uma flor sem ter a certeza da sua espécie.
* Inicia o consumo de flores progressivamente, pois podes ser alérgico a alguma.
* As flores que vês nos jardins e floristas não são apropriadas para consumo pois não sabes em que condições foram criadas nem se fizeram uso de químicos ou pesticidas prejudiciais à sua saúde.
* Consome apenas flores frescas, preferencialmente colhidas pela manhã, com pétalas viçosas e bem desenvolvidas, não colha flores ainda em botão ou murchas.

A melhor maneira de usufruíres plenamente e com segurança de uma flor é seres tu mesmo a plantar as tuas flores, não precisas de ter um jardim ou uma grande porção de terra, um ou dois vasos na tua varanda farão um óptimo trabalho! Alternativamente, podes recorrer a lojas especializadas, pois hoje em dia são diversas as superfícies comerciais que já têm à tua disposição flores embaladas para venda.

Das várias espécies existentes para consumo, algumas são especialmente atractivas pelo seu sabor, cor e facilidade de produção. A lista que se segue é um mero exemplo da variedade de flores comestíveis que podes encontrar:

* Capuchinhas (tropaeolum majus) - Fáceis de cultivar, trazem uma explosão de cor a qualquer salada. São boas recheadas, cristalizadas ou como guarnição. Têm um gosto muito agradável e ligeiramente apimentado, a planta inteira é comestível, inclusive existem pessoas que usam as suas sementes como alternativa à pimenta. Muito rica em vitamina C.

* Pétalas de rosas - Têm um sabor muito suave e primaveril, dão um toque requintado a qualquer prato. São usadas especialmente em sobremesas, infusões e pratos frios.

* Viola e amor-perfeito - Pode comer-se a flor inteira ou somente as pétalas. As pétalas têm um sabor muito suave e adocicado. A planta inteira tem um sabor mais forte e vegetal. A minha preferida é a espécie “viola odorata”.

* Lavanda - A lavanda é usada de várias maneiras, desde infusões, geleias, bolos, gelados, vinagres, vinhos, a lista é infindável! Têm um sabor muito próprio, talvez com notas cítricas.

* Flores da cebolinha ou do alho – As flores de cebolinha são saborosas e dão um toque “acebolado” às saladas e as flores de alho um toque de alho.

* Dente-de-leão – As suas flores pequenas e amarelas são simplesmente deliciosas e quando colhidas e consumidas de seguida têm um leve sabor a mel. As folhas têm um sabor já mais forte e ácido, mas são muito boas salteadas em alho e azeite.

* Calêndula - A flor inteira é comestível. Têm um sabor ligeiramente amargo e apimentado que por vezes lembra o açafrão. As suas pétalas douradas enfeitam qualquer prato! Planta muito rica.

* Flor da curgete – A sua flor grande e saborosa é óptima recheada.

Depois existem as flores comestíveis que já nos habituamos a consumir e que às vezes nem damos conta que são flores, como por exemplo a couve-flor, os brócolos, a alcachofra, as flores dos grelos e outras.

(Fotografia de Catarina Costa Cabral)



Copyright Centro Vegetariano. Reprodução permitida desde que indicando o endereço: http://www.centrovegetariano.org/Article-524-Flores%2Bcomest%25EDveis.html


Gostaria de desenvolver mais este tema. Se por acaso tens experiencia no assunto e quiseres partilhar contacta-me por email - guerreiro.info(@)gmail.com (tirar os "()")