Qr Code do blog

Qr Code do blog
Qr Code do blog

Rss

Contacto

Blog Archive

Followers

Follow by Email

Add me on Facebook

NutriViva Tv



Total de visualizações de página

quinta-feira, 3 de abril de 2008

Colonterapia a Desintoxicação Natural

O intestino grosso ( cólon ) representa a última parte do aparelho digestivo e tem como principais funções a eliminação das fezes, reabsorção de água, contribui com o sistema de defesa do organismo (imunológico) e hospeda também uma flora microbiana que exerce várias funções importantes. Essas bactérias digerem uma parte da celulose (fibras vegetais) transformando-a em glicose absorvível, sintetizam vitaminas (complexo B e K ) e destroem micróbios e bactérias patogênicas.
Uma alimentação inadequada ou pobre em nutrientes e fibras, estresse físico e emocional, atividades sedentárias e a impossibilidade de realizar atividades físicas com freqüência, provocam problemas gastrointestinais, dificultando o processo natural de digestão, absorção e eliminação dos alimentos, causando a constipação ou a tão conhecida prisão de ventre.


Auto-intoxicação
Como nos alimentamos em média 3 vezes ao dia, deveríamos evacuar de 2 a 3 vezes ao dia, de preferência após cada refeição como fazem os bebês
que ao mamar em seguida evacuam, isso devido ao reflexo gastro-cólico. Como isso não acontece devido aos fatores anteriormente mencionados, podemos chegar a acumular de 3 a 4 quilos de matérias não eliminadas , como afirma o Dr. Arnold Ehret. Assim, os detritos que deveriam ser eliminados permanecem no intestino grosso durante muito tempo e acabam sendo fermentados. Neste processo, produzem material tóxico que será novamente absorvido pelo organismo, produzindo uma "auto-intoxicação" ou também chamada toxemia.

"Durante as 20 000 cirurgias que eu mesmo realizei, nunca encontrei um cólon normal" - Dr. Harvey Kellog.

Consequências
Além dos efeitos locais que a prisão de ventre pode causar como gases e cólicas, o acúmulo das matérias no cólon pode ser a causa de numerosas afecções. As toxinas produzidas pelas putrefações intestinais alcançam pela via sanguínea os órgão vizinhos, intoxicando-os e degenerando-os, podendo contribuir para o aparecimento de problemas como: obesidade, fadiga, enxaquecas, celulites, alergias, problemas de pele e unhas, cólicas, baixa das funções imunológicas entre outros. Existe também uma correlação muito significativa entre a freqüência crescente dos cânceres do cólon nos países industriais e a alimentação pobre em fibras. A prevenção desta doença passa então por uma introdução de fibras vegetais na alimentação e limpeza intestinal.

A prisão de ventre também influi no humor das pessoas, como podemos perceber, com o uso da palavra “enfezada " , referindo-se à pessoas com mau-humor.

Colonterapia
Colonterapia ou Hidroterapia do Cólon é um sistema natural de limpeza e drenagem do intestino grosso, sem os efeitos desagradáveis dos enemas comuns. De forma higiênica, inócua, inodora e indolor ajuda a combater os problemas crônicos provocados pelo mau funcionamento do intestino. A irrigação do cólon é uma lavagem com água suficiente para preencher o cólon por meio de um aparelho ligado numa água corrente que passa por um filtro. Como a água circula na totalidade do cólon, essa irrigação limpa e desintoxica profundamente suas mucosas. Ela faz desgrudar os velhos restos e peles mortas alojadas nas dobras ou incrus- tadas na parede e permite que sejam expelidos, o mesmo acontecendo com as matérias duras, que são amolecidas por ela. A irrigação também livra o cólon de detritos, que ficam estagnados às vezes por dezenas de anos.
O ideal é realizar de 8 a 10 sessões em dias consecutivos para que se tenha um melhor resultado. As sessões são precedidas de um preparo do cólon, com um acompanhamento de uma dieta sem farináceos, carnes e lácteos, e ao final se realiza uma reposição de lactobacilos. Durante as sessões os pacientes emagracem, como também ao final são orientados para uma alimentação mais saudável e natural, aumentando sua qualidade de vida.
"A colonterapia limpa e desintoxica as paredes intestinais, produz uma limpeza profunda e serve entre outras coisas para prevenir enfermidades" segundo Suryavan Solar, em seu livro "Marmelada de cerezas" da editora Gran Sol. A colonterapia também tem a ação de estimular a motricidade do cólon ajudando a regularizar sua função de eliminação. Essa ginástica da musculatura do cólon é um dos efeitos mais salutares da hidroterapia do cólon. As mucosas do cólon também são sede de zonas reflexas (assim como na planta dos pés ou nas orelhas). A estimulação dessas regiões reflexas produz um efeito em todo o organismo.

Tudo isso mostra que, para preservar a imunidade e a vitalidade, é de capital importância manter uma boa higiene intestinal. No entanto, cada pessoa deve ter consciência que é o responsável pela sua saúde e para obter uma saúde integral é importante cultivar bons hábitos como: ter uma alimentação natural com boa quantidade de fibras e pouca proteína animal, tomar de 2 a 4 litros de água ao dia, evitar o consumo de álcool, fumo, café, açúcar branco, realizar limpeza intestinal e exercí- cios físicos regulares, diminuir as atividades estressantes no dia a dia, pensar positivo, praticar atividades de relaxamento (meditação, yoga, etc), participar de cursos de crescimento pessoal, entre outros.

Os que escolhem esse modo de vida podem se curar e desfrutar a vida em sua totalidade com mais consciência e alegria.


Tiago Almeida e Solange, autores do livro
“Colonterapia: Reeducação Alimentar, Desintoxica.


Fonte: Revista Beija-Flor 4 Ed.

0 comentários: