Qr Code do blog

Qr Code do blog
Qr Code do blog

Rss

Contacto

Blog Archive

Followers

Follow by Email

Add me on Facebook

NutriViva Tv



Total de visualizações de página

domingo, 30 de março de 2008

Cidades apagam as luzes em nome do ambiente

Sydney antes e depois de apagar as luzes a 29 de Março Cidades e vilas de todo o mundo apagaram as luzes durante uma hora como forma de marcar posição e alertar para a ameaça das alterações climáticas.

Sydney foi a primeira grande metrópole a começar a "Earth Hour", quando às 20 horas locais (9 horas em Portugal continental) as luzes se apagaram em locais emblemáticos como a Ópera ou a ponte do porto.

Seguidamente as luzes apagaram-se em Bangkok, Manila, Budapeste, Copenhaga e Dublin, à medida que essas cidades se juntavam a esta manifestação mundial. Toronto, Chicago, San Francisco e muitas outras também o fizeram às 20 horas locais.

Os críticos desvalorizaram o evento, classificando-o de fantochada que terá um impacto mínimo.

Os australianos assinalaram a Earth Hour realizando festas na praia à luz de velas, jantares e jogos de poker, juntamente com danças tradicionais aborígenes à luz de tochas.

Na Nova Zelândia, milhares de lares e mais de 100 negócios em Christchurch apagaram as luzes.

A delegação na Tailândia do WWF referiu que o apagar de luzes em Bangkok permitiu poupar 73,34 megawatts de electricidade, que para serem obtidos teriam resultado na produção de 45,8 toneladas de dióxido de carbono.

A iniciativa teve início em Sydney no ano passado, quando o que se estima terem sido mais de dois milhões de residentes participaram, reduzindo o consumo de energia em mais de 10% durante a hora.

Os organizadores esperavam que centenas de cidades e vilas em todo o mundo participassem no evento e esperam que algumas capitais não oficialmente envolvidas, como Londres e Roma, assinalem o evento reduzindo a intensidade das luzes em alguns monumentos.

Não querendo deixar de contribuir, o motor de busca da internet Google colocou um fundo escuro na sua página inicial durante a Earth Hour.

Os organizadores insistem no facto que o objectivo da Earth Hour é demonstrar que as comunidades se preocupam verdadeiramente com as alterações climáticas e querem colocar mais pressão sobre os seus governos para que ajam de forma decisiva.

Andy Ridley, do WWF, e que está por trás da iniciativa, refere que o interesse pela iniciativa foi imenso. "Estamos a par de pequenas vilas em Norfolk, Inglaterra, por exemplo, que vão participar em bloco na Earth Hour, da mesma forma que sabemos de cidades gigantes como Chicago e Sydney que também participaram."

A Austrália é um dos piores emissores de gases de efeito de estufa per capita e muitos acreditam que as recentes secas e inundações são o resultado da influência destabilizadora do Homem sobre o clima.

O novo primeiro-ministro australiano, Kevin Rudd, tornou o ambiente uma das suas prioridades, assinando o Protocolo de Quioto sobre a redução das emissões causadoras de alterações climáticas logo que tomou posse do cargo.

Fonte: Simbiotica

Saber mais:

Earth Hour

Earth Hour 2008 - 60 minutos de luzes apagadas para iluminar consciências

0 comentários: