Qr Code do blog

Qr Code do blog
Qr Code do blog

Rss

Contacto

Blog Archive

Followers

Follow by Email

Add me on Facebook

NutriViva Tv



Total de visualizações de página

terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

Mudanças climáticas: 'O problema da carne deverá ser incluído em futuros debates'

Carta Aberta ao Presidente do Parlamento Europeu

Carta Aberta ao
Sr. Hans-Gert Pöttering
Presidente do Parlamento Europeu
Bruxelas - Estrasburgo

31 de Janeiro de 2008

Exmo, Sr. Presidente,

No dia 23 de Janeiro de 2008, o Sr. José Manuel Barroso, Presidente da Comissão Europeia, elaborou um pacote extensivo de medidas para combater as mudanças climáticas. À luz de cada vez mais evidências científicas sobre o aquecimento global e as suas consequências catastróficas, esta corajosa iniciativa servirá, com certeza, de exemplo para a comunidade mundial.

Infelizmente, um aspecto do problema não foi mencionado pela Comissão Europeia: a carne. Esta omissão é surpreendente, já que, de acordo com a agência Norte-americana FAO (Food and agriculture Organization - Organização para a Alimentação e Agricultura), o sector agro-pecuário é considerado como sendo "um dos três maiores contribuintes para os mais graves problemas ambientais, a qualquer escala, local ou global".

Além disso, nas recomendações "Dicas quentes para um planeta fresco", publicadas pela Comissão Europeia, o tema do consumo de carne é completamente ignorado. E, no entanto, diminuir o consumo de carne é uma maneira simples e eficaz de reduzir as emissões de carbono em qualquer lar.

A indústria de produção de carne não só absorve uma grande quantidade das colheitas mundiais, como também é um fardo pesado para os cidadãos, que têm que pagar os seus subsídios, e ainda ficou isenta do Princípio de Pagamento dos Poluentes. Na luta contra as mudanças climáticas, tal luxo já não é mais sustentável.

Não há dúvida de que os Europeus estão desejosos de participar no esquema sugerido pela Comissão Europeia " 20/20 em 2020: a oportunidade da Europa mudar o clima", pagando os necessários 3 euros por semana. No entanto, lamentamos profundamente que cada indivíduo seja obrigado a pagar por um ambiente mais seguro, enquanto que a indústria da carne, um dos maiores culpados pela degradação, continue "o negócio do costume" e a receber pagamentos e subsídios para isso!

Considerando que, de acordo com a FAO, "o impacto da criação de gado é tão significante que precisa de ser discutido urgentemente", apelamos ao Parlamento Europeu para que tenha consideração todos os aspectos relevantes desta ameaça crescente para o ambiente. O problema da carne deverá ser incluído em futuros debates.

URLs:
-Commission tables ambitious proposals to fight climate change
-Livestock’s long shadow
-Hot tips for a cool planet

Esta Carta Aberta é subscrita ...por favor veja a versão inglesa
...


Source/Quelle: Se quiser juntar a sua assinatura ao texto em questão - e-mail


Date/Datum: 2008-01-26

0 comentários: