NutriViva no Facebook é a nossa página no Facebook onde há uma constante actividade com pratos e ideias sobre Alimentação Viva.
O blog também está acessivel em ALIMENTACAOVIVA.COM e ALIMENTACAOVIVA.INFO
Visitem o meu blog em inglês (com traduçao automática)
Raw in Copenhagen
Ao deixar um comentário referente a um artigo, por favor colar o link desse artigo.

Badge Raw Food

Qr Code do blog

Qr Code do blog
Qr Code do blog

Rss

Contacto

Search/ Busca

Carregando...

Blog Archive

Followers

Follow by Email

Add me on Facebook

NutriViva Tv



Ocorreu um erro neste gadget

Total de visualizações de página

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

Andiroba-repelente natural


06/06/2003

A Andiroba (Carapa guianensis Aubl.) é uma árvore alta que cresce a uma altura de até 25 metros. As sementes de Andiroba fornecem um óleo amarelo com propriedades insetífugas e medicinais.

Repelente natural dos caboclos
O método tradicional para produção do óleo de Andiroba é colher as sementes que, após ter caídas da árvore, flutuam no rio. Em seguida, as sementes são fervidas. Depois de duas semanas o óleo é extraído com uma simples prensa chamada "tipiti".
O óleo de Andiroba é usado pelos indígenas misturado com corante de urucum (Bixa orellana L.) para repelir insetos, e como medicamento contra parasita do pé.

Medicina tradicional
A casca é utilizada para o preparo de um chá contra febre, o qual também serve como vermífugo. Transformada em pó, trata feridas e é cicatrizante para afecções da pele. Os caboclos fazem um sabão medicinal com o óleo bruto, cinza e resíduos da casca de cacau. Além de ser empregado na fabricação de sabão, também fornece um ótimo combustível utilizado para iluminação nas áreas rurais.
O óleo é muito usado na medicina doméstica para fricção sobre tecidos inflamados, tumores e distensão muscular. Além disso, sabe-se aindaque o óleo da andiroba é utilizado como protetor solar e a casca e a folha servem contra reumatismo, tosse, gripe, pneumonia, depressão.

Velas repelentes
A fabricação de velas repelentes de insetos, especialmente os mosquitos do gênero Anopheles, transmissores da malária, surge como um grande potencial. Recentemente descobriu-se que as velas feitas com andiroba espantam o mosquito que transmite a dengue (Aedes aegytpi).

Estudos científicos corroboram com a medicina tradicional em relação as inúmeras propriedades medicinais...
A andiroba forma parte do elenco de plantas medicinais sendo estudados pela "Central de Medicamentos" (CEME) do Brasil. Ela pode ser utilizada no combate as infecções do trato respiratório superior, dermatites, lesões dermáticas secundárias, úlceras, escoriações, e tem propriedades cicatrizantes e antipiréticas. O óleo de Andiroba é utilizado em vários produtos para tratamento de cabelo, deixando o cabelo sedoso e brilhoso.
Na indústria farmacêutica homeopática, onde está sendo comercializado na forma de cápsulas, é utilizado para diabetes e reumatismo, e o bálsamo para uso tópico de luxações e na fabricação de sabonetes medicinais.


Bibliographia
Correa, Pio. Dicionario de Plantas Uteis do Brasil e Exoticas Cultivadas Vols 1-6, Brasilia: IBDF. 1984
Taylor, Leslie. Herbal Secret's of the Rainforest, Prima Publishing, Inc., 1998

PATENTES SOBRE A ANDIROBA
(Aqui estão listados apenas as patentes cujo titulo contem a palavra Andiroba. Pesquise esp@cenet para outras patentes.)
Registrado por
Registrado
onde
Data de publicação
Titulo
Numero
(Clique o numero para mais informação fornecida pela esp@cenet)
ROCHER YVES BIOLOG VEGETALE* França, Japão, União Européia, Estados Undios 28/09/1999 COSMETIC OR PHARMACEUTICAL COMPOSITION CONTAINING AN ANDIROBA EXTRACT

(Composição cosmética ou farmacêutica contendo extrato de Andiroba)


US5958421
CA2235057
JP10287546
EP0872244
MORITA MASARU * Japão 21/12/1999 ANTPROOF AND INSECTPROOF AGENT USING ANDIROBA FRUIT OIL
(Agente repellente para formigas e insetos com utilização do óleo da fruta de Andiroba)
JP11349424

*Não sabemos se, ou até que grau o termo biopirataria se aplica para cada um dos detentores de patentes e marcas aqui mencionados. Porém, consideramos questionável a pratica de patenteamento e registro de marcas de plantas tradicionalmente usadas pelas comunidades da Amazônia e convidamos os detentores destes direitos a se justificarem através de um comentário.
A Amazonlink.org por sua vez, não se responsabiliza por quaisquer erros ou omissões nas informações fornecidas nesse site.

http://www.amazonlink.org/biopirataria/andiroba.htm

Repelentes Naturais

ALFAVACA:

O cheiro repele moscas e mosquitos. Não deve, porém, ser plantada perto da arruda.

ALHO:

Eficiente como repelente de pragas do tomate.

ALECRIM:

Afasta a borboleta-da-couve e a mosca-da-cenoura. É planta companheira da sálvia.

CHEIRO-DE-MULATA:

O aroma forte repele insetos voadores. Pode ser plantado em

toda área.

HORTELÃ:

O cheiro repele lepidópteros, como a borboleta-da-couve, formigas e

ratos. Pode ser plantada, ainda, como bordadura de lavouras.

TOMILHO:

Afasta a borboleta-da-couve.

SÁLVIA:

Repele a mariposa do repolho.

TAGETES:

Repelente natural de muitos insetos e protege contra os nematóides.

COENTRO:

Controla pulgões e ácaros.

GERÂNIO:

Repelente natural de insetos. É sempre bom tê-los em seu jardim, embelezam e protegem.

MANJERICÃO:

Repelente de moscas e mosquitos.

CITRONELA:

É repelente de insetos, inclusive pernilongos e do Aedis

(transmissor da Dengue)

ANIS:

Repelente de traças.

CAPUCHINHA:

Repelem nematóides e insetos.

LOSNA:

Afasta animais de sua horta. Plante a losna em vasos e coloque-os próximos da horta, não a plante no canteiro, pois ela é incompatível com diversas plantas.





Fonte: Brilhantels

0 comentários: