Qr Code do blog

Qr Code do blog
Qr Code do blog

Rss

Contacto

Blog Archive

Followers

Follow by Email

Add me on Facebook

NutriViva Tv



Total de visualizações de página

terça-feira, 10 de abril de 2007

Açúcar faz Mal

Estado de Minas - Bem Viver : Açúcar faz Mal (08/04/2007)

O jornal Estado de Minas publicou uma matéria muito interessante sobre o consumo de açúcar:

DOCE PERIGO

''Saboroso e fundamental, o açúcar deve ser consumido em quantidades moderadas porque o excesso pode provocar enxaqueca, diabetes, osteoporose e vário tipos de câncer.

O sabor agradável ao paladar e o fácil acesso ao produto colocaram o açúcar entre os ingredientes preferidos de populações cada vez mais vorazes por doces. Nos EUA, estima-se que a ingestão média anual seja de 67 quilos (ou 185 gramas diárias) por pessoa. Em alguns países europeus, calcula-se que o consumo varie entre 45 e 50 quilos.

No Brasil, maior exportador mundial de açúcar, o índice de consumo já chega a 35 quilos, com tendência a subir. Segundo os especialistas, há quem devore diariamente 300 gramas de açúcar. Um exagero, ou um doce perigo, considerando os riscos para a saúde e os índices de recomendações por agências como a Organização de Agricultura e Alimentos (FAO) e a Organização Mundial de Saúde (OMS)

Para essas entidades, as doses diárias não deveriam ultrapassar 10% do total de calorias consumidas no dia. Níveis razoáveis de consumo, portanto, representam algo em torno de três a quatro colheres de chá diárias. O número pode variar de acordo com a idade do consumidor, quantidade calórica total gasta e ingerida, mas, no geral, as doses devem ser bem reduzidas. Crianças e idosos deveriam consumir, no máximo, 50 gramas diárias. Adolescentes, 75 gramas, enquanto que, para os adultos, o valor seria de 60 a 70 gramas para os homens.

_________________________________________________

Na nossa opinião o açúcar devia ser retirado da categoria de alimento e muito menos ser chamado de nutriente e passar a ter regulamentação como o tabaco e outros venenos...

0 comentários: