Qr Code do blog

Qr Code do blog
Qr Code do blog

Rss

Contacto

Blog Archive

Followers

Follow by Email

Add me on Facebook

NutriViva Tv



Total de visualizações de página

sábado, 10 de março de 2007

Viver Realmente

Reflicta nisto: se morrer amanhã, a sua família e os seus amigos irão com toda a certeza sentir a sua falta. Depois de amanhã o seu lugar, no trabalho, será ocupado por outro. Sendo totalmente substituível no emprego, como é possível que mais de dois terços da sua vida sejam dedicados ao trabalho e menos de um terço dedicados à família e amigos?...

Existe uma cultura dominante que afirma continuamente a escassez. Escassez de recursos, escassez de dinheiro, escassez de alimentos. É esta cultura que permite que menos de 3% da população mundial tenha o controlo sobre mais de 95% dos recursos do planeta. Nesta cultura é importante afirmar continuamente a vitimização, manter as massas amedrontadas. Enquanto a "culpa" for dos governos, das autoridades, das bactérias causadoras de doença, dos mercados mundiais, do desemprego que cresce continuamente, então o ser humano tem que viver na resignação. Tem que ser bem comportado para não perder o emprego onde muitos ganham apenas o suficiente para ir vivendo. Nesta cultura encoraja-se a pessoa aO medo mantém a pessoa condicionada. Impede a pessoa de crescer. Já pensou por que motivo há uns dias, ao longo do ano, em que se festeja algo? Há o dia do trabalhador, o dia de natal, o dia da mãe e do pai... Enfim, dias que por momentos emprestam alguma humanidade à vida. A
verdade é bem diferente. Cada dia deveria ser um dia de festa, de celebração, de alegria por experienciar a vida na sua plenitude!

O maior medo incutido ás pessoas é o medo da mudança! Mas se observar à sua volta, a Vida é feita de mudança. Tudo muda, tudo tem que mudar! É uma Lei do Universo. Como pode o ser humano agir contra-natura e limitar-se a viver os melhores anos da sua vida num trabalho que muitas vezes odeia, a fazer coisas que detesta, com colegas de trabalho que não suporta, para depois se reformar e viver na tristeza inerente de não ter vivido?... Pense nisto.

Para viver a Vida com que sonha, terá que efectuar algumas mudanças essenciais. A primeira é começar a acreditar na Sabedoria do Universo. Qualquer sistema de crenças (incluindo muitas religiões) que incutem no indivíduo a crença de que há um ser superior que castiga, que pune, limita a experiência humana. É de uma arrogância extrema acreditar que um Ser que cria Universos, Vida, Tudo o que existe, possa sentir-Se magoado, ofendido, por um ser humano que "peca"! Como pode um Ser tão Excepcional enfurecer-Se, sentir-Se ofendido e castigar algo criado por Si?

Só quando começar a pensar que todos os seres são na verdade Um só Ser é que poderá sentir a liberdade de experienciar a Vida na sua totalidade. Quando tiver consciência que aquilo que deseja aos outros é a si mesmo que está a desejar, quando aquilo que faz aos outros é a si mesmo que o faz, quando sentir que Tudo está continuamente interligado, então poderá começar a ver a Magia presente na Vida.

Todo o ser humano tem o direito a viver os seus sonhos. Todos podemos contribuir para um planeta saudável.

O que pode começar a fazer hoje mesmo
:

1.

Sinta-se grato pelo dia que lhe é oferecido. Agradeça a Deus, ou ao Universo, ou ao seu Guia (o nome é irrelevante, o importante é agradecer). Comece ainda na cama, ao acordar.

Agradeça o dia fantástico que vai ter. As situações maravilhosas que a Vida lhe irá
oferecer. Faça-o como já tendo acontecido;

2.

Enquanto se preparar para sair de casa, ouça música. Coma fruta (evite qualquer
alimento processado). Sorria. Sabe que é impossível sentir tristeza quando os músculos faciais esboçam um sorriso? Mantenha os ombros direitos, respire sem medo! Nunca, mas mesmo nunca, ouça as notícias no rádio ou veja as catástrofes emitidas pela televisão! Ao ver, ou ouvir, o mal que assola o mundo, sem se dar conta, está a criar realidade. Uma realidade que afirma que nada está bem, que é preciso ter medo, que as pessoas são basicamente más, no fundo que você é uma vítima sem poder para controlar a sua vida;

3.

Ok, esta é difícil: tem que parar de ver os noticiários na televisão! Não pode querer uma vida melhor para si e deixar-se inundar diariamente pelo mal-estar, pela doença, pelas calamidades que assolam o mundo. Quanto mais focar a sua atenção na crise presente, mais presente ela se tornará;

4.

Apaixone-se pelo que faz! Faça sempre mais do que é esperado de si. Isto é importante.

Se quer de facto outro emprego, ganhar mais dinheiro, ter mais tempo para aquilo, ou para aqueles, que são de facto mais importantes na sua vida, tem que começar na sua posição actual, no emprego que tem neste momento. Dê sempre mais em valor utilitário aos outros do que aquilo que recebe em valor monetário. Um exemplo: se é pago 5.00 € por hora para preencher 10 formulários, preencha 15 ou 20. Com alegria, por saber que está a dar mais do que é esperado de si. Pode ter a certeza que a Vida lhe retribuirá o esforço.

5.

Deixe de socializar com os arautos da desgraça. Os colegas de trabalho que gostam de contar as desgraças alheias, de falar da vida dos outros, de inundar todo o espaço à sua volta com veneno psicológico. Evite essas pessoas! Se é uma dessas pessoas, então está na altura de mudar! Num intervalo, em vez de ir beber um café e ler o jornal (outro arauto da desgraça), vá dar um passeio. Ou faça alguns exercícios de respiração. Ou pode falar com alguém sobre o tão maravilhoso que o dia está (sim, mesmo quando está a chover e frio, já pensou nas pessoas que não sentem a chuva na cara nem o frio na pele, porque estão numa cama de um hospital?). É bom poder experienciar cada momento do dia completamente consciente!

6.

Qual é o seu sonho? A maior parte das pessoas vive uma vida sem saber ao certo o que quer. A maior parte das pessoas tem medo de sonhar, porque lhes foi incutido que não são capazes, que não têm os recursos, as capacidades, as habilitações, etc. Isto é uma mentira perpetrada ao longo de séculos por aqueles que detêm poder e têm medo de o perder (mais uma vez o medo). Passe alguns dias a reflectir naquilo que quer para si. Não perca tempo a sonhar com o que quer para os outros, nem a tentar ser altruísta. O altruísmo é uma doença! (já pensou que, por exemplo, muitas religiões dedicam-se, há séculos, a fazer o "bem" e cada vez há mais mal? Muitos indivíduos lutam há séculos para combater a pobreza, mas cada vez há
mais pobreza? Governos gastam fortunas a lutar contra o terrorismo, e cada vez há mais terrorismo?). O que realmente quer? Vá ver a casa dos seus sonhos, compre a revista que tem o carro que quer conduzir. Como gostaria de ocupar o seu tempo? Aprenda novas técnicas, inscreva-se num curso que o ajude a desenvolver as suas capacidades. Imagine-se já a viver o seu sonho.

7.

A Lei da Atracção. Existe. Aquilo em que mais pensa atrai. Nós somos energia em
vibração contínua. Os nossos pensamentos são energia. Aquilo em que pensamos atraímos a nós.

Para poder criar a vida que quer para si, tem que começar a pensar apenas naquilo que quer, o resto é lixo, descarte-o. A maior parte das pessoas pensa de facto, por exemplo, em ter mais dinheiro. O problema é que foca a atenção na ausência de dinheiro e não na abundância prestes a manifestar-se. Este é um passo importante. Se quer um carro novo, deixe de ver o seu carro como velho, causador de problemas, sempre a avariar-se. Em vez disso, sinta-se alegre e agradeça o facto de ter um carro! Milhões de pessoas em todo o mundo não tem uma bicicleta sequer! Sinta-se bem pelo carro que tem neste momento e agradeça ao Universo o carro novo, como se já o tivesse. Não foque a atenção nos problemas, pois ao fazê-lo irá apenas atrair mais problemas! O mesmo se passa com as relações. Se só vê defeitos nos seus filhos, no seu namorado ou mãe, como espera que eles ajam na sua presença? Foque a sua atenção nos aspectos positivos das pessoas. Já reparou que, quase de certeza, teve um
professor de quem gostava muito, apesar de colegas seus o detestarem? O professor era o mesmo, mas você focava a sua atenção nos aspectos positivos enquanto os seus colegas focavam a atenção nos aspectos negativos. Quando tem que ir a uma repartição pública, o que lhe passa pela mente? Claro que ao acreditar que "todos" os funcionários públicos são lentos e não sabem o que andam a fazer, e que servem apenas para lhe dificultar a vida... Como pode esperar encontrar um funcionário público eficiente e simpático, se na sua mente não existe essa pessoa? Pense nisto.

8.

Se quer que o seu dia de amanhã seja diferente de hoje terá que obrigatoriamente agir hoje de maneira diferente da de ontem.


COMO FUNCIONA A CURA


1.

Em relação a qualquer doença, não pode acreditar no prognóstico que lhe é dado. Se lhe disserem que a sua doença é crónica, não acredite. Se lhe disserem que é mortal, não acredite. Para cada doença dita crónica ou mortal há uma série de pessoas que conseguiram curar-se. Verifique tudo a respeito da sua doença, não fique satisfeito com apenas aquiloque o seu profissional da doença lhe diz. Já reparou que quanto mais se estuda a doença (ok, muitos chamam-lhe estudar a saúde, mas isto é falso. Nos estabelecimentos de ensino de medicina, convencionais ou alternativos, apenas se estuda a doença. Os profissionais que poderão afirmar estudar a saúde são os biólogos, nunca os médicos), mais doenças surgem?

Quanto mais se foca a atenção na doença, mais doença irá ser criada;

2.

Viva uma vida sadia. Coma muita fruta e legumes. Não misture na mesma refeição
proteínas e amidos (batata e carne ou arroz e peixe, por exemplo). Um excesso de proteína animal irá causar um aumento de ácido úrico no seu organismo. O leite é danoso para a sua saúde. Num estudo que envolveu mais de 25 000 pessoas descobriu-se que as que bebiam mais de 3 copos de leite por dia eram as que tinham ossos mais frágeis. De facto nós não precisamos de tanta proteína como nos querem fazer crer. A propósito, sabe por que motivo a carne tem um sabor tão bom?... As bactérias responsáveis pela potrefacção dão-lhe o sabor! Na verdade é possível encontrar mais dessas bactérias num bife do que em estrume fresco. Nunca coma fruta à refeição. A fruta num estômago vazio passa para o intestino em 15 a 20 minutos, onde os seus nutrientes serão absorvidos. Não precisa de beber muita água, mas precisa de muitos
alimentos ricos em água;

3.

Veja muitas comédias. Ria-se muito. O riso aumenta as capacidades do seu sistema de defesa natural. Por outro lado deixa de focar a atenção no estado de doença, dando à Natureza tempo para intervir. O Dr. Bruce Lipton, biólogo, levou a cabo uma série de experiências em que colocou células cancerosas, retiradas de pessoas, em caixas de petri. As células regrediram para um funcionamento normal em menos de 3 dias. Ou seja, curaram-se.

Porque motivo isso não sucede no corpo da pessoa com cancro/câncer? A mente da pessoa pode ser um dos factores. É muito difícil alguém acreditar que pode curar quando se lhe é dito que tem seis meses de vida. No entanto há casos documentados. Por que motivo não se estudam os casos de remissão espontânea do cancro/câncer? Algo a pensar seriamente;

4.

Faça exercícios de respiração e meditação. Meditar pode ser uma actividade tão simples quanto olhar para uma flor durante uns minutos. Foque a sua atenção na beleza da flor. Nem por um segundo fale ou pense na sua doença. Acredite no seu íntimo que o seu corpo é capaz de se curar. O corpo humano, como todos os seres vivos, possui mecanismos de equilíbrio.

Evite o stress! Evite situações de conflito. Liberte-se da mágoa, do ressentimento e da angústia. A forma mais fácil de o fazer é vendo filmes cómicos.

5.

Lembre-se que a sua doença é lucrativa para outros. Por que motivo a medicina
convencional, com todo o seu arsenal bélico, há-de deter o monopólio da cura? A verdadeira cura só pode acontecer quando a pessoa está preparada para se curar, nunca antes. O médico é a maior parte das vezes bem intencionado. Acredite que ele quer o seu melhor, ele quer mesmo curá-lo. Mas por detrás do médico há todo um monopólio da doença interessado na obtenção do lucro. Aceite as palavras do seu médico, mas mexa-se! Não fique só à espera do médico. Se tem um problema de saúde, a cura é sua responsabilidade;

6.

Uma pessoa que esteja a viver a Vida com que sonha não consegue adoecer. Qual é o seu sonho? Vá atrás dele, não espere mais!

Acreditar


Amor é mais importante do que nutrição.

O amor abre.

o medo fecha.

O stress torna-nos menos inteligentes.

O corpo é como uma máquina fotográfica assim como as células. Absorvemos aquilo que se passa no exterior, mas somos condicionados pelos filtros que colocamos.

As crenças interferem com a visão do mundo.

É preciso acreditar num mundo positivo para não afectarmos aquilo que vai dentro de nós.

As células tem duas escolhas - defesa ou aceitação. Aceitam os nutrientes adequados e
rejeitam as toxinas.

Mas não podem fazer as duas coisas ao mesmo tempo.

Aceitam a energia positiva ou rejeitam a energia negativa.



Baseado em trabalhos de: James Oschman, Candace Pert, Fred A Wolf, Amit Goswami, Mae-Wan Ho, Bruce Lipton, assim como os exercícios práticos de visionários como Esther e Jerry Hicks, Bob Proctor, entre outros.

0 comentários: