Qr Code do blog

Qr Code do blog
Qr Code do blog

Rss

Contacto

Blog Archive

Followers

Follow by Email

Add me on Facebook

NutriViva Tv



Total de visualizações de página

quarta-feira, 7 de março de 2007

Crudoterapia (uso de alimentos crus)


O médico e nutricionista suíço Maximilian Bircher-Benner (22 Agosto, 1867 – 24 Janeiro , 1939) foi o primeiro a comprovar cientificamente a relação existente entre a alimentação e as doenças, através da crudoterapia (uso de alimentos crus), ficando mundialmente conhecido também pelo famoso "Müsli"(muesli) se bem que a sua invenção difere imenso do ""Müsli" (muesli) actual. Nesta pesquisa está baseada toda a moderna crudoterapia e o movimento mundial para o uso de produtos naturais, integrais e biológicos. Também foi ele que procurou através de pesquisas clínicas, feitas em Zurique e Londres, introduzir a Medicina Naturista no conceito de tratamento de enfermidades, principalmente na cura de artrite reumatóide.

"Existe uma prevenção segura e confiável das doenças reumáticas: a vida dentro da ordenoterapia" (ver em baixo), citou Bircher-Benner, enfatizando a importância do respeito ao nosso biorritmo.

Para saber mais - Wikipedia em inglês.


Ordenoterapia

Este é um dos pilares da medicina naturista. Pode-se afirmar que é a terapia pela ORDEM. Na verdade para que tenhamos saúde integral, é fundamental o acatamento às ordens, ritmos e ciclos da natureza, respeitando os diversos ritmos e ordens que a vida nos oferece. Tanto os internos como sono/vigília, fome/saciedade, como externos : dia/noite, atividade/ recuperação, direitos/deveres. Tudo na existência tem ritmo e movimento e quando nos submetemos a esta realidade, tiramos dela grande proveito.
Não se trata de ordem imposta de forma autoritária, mas de uma experiência de retorno às nossas origens, isto é, ORDENAÇÃO ou ORDENAMENTO. Não nascemos quando queremos, mas sim quando os ritmos ambientais e biológicos assim definem.
Este conceito inclui visão sobre o tempo de trabalho, descanso, sono, relacionamento, enfim de tudo o que compõe o nosso existir.

0 comentários: